A FÊMEA DO LOUVA-A-DEUS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

louv

Eu te traço num abraço,
cortando-te em pedaços,
de desejos tão guardados,
em meu corpo, abrasados.

Eu te lambuzo a cara,
com a saliva da minha tara,
escorrendo entre gemidos,
por tempos reprimidos.

Eu te agasalho os seios,
nas conchas destas mãos,
e os mordisco com beijos,
bem cheios de excitação.

Eu te puxo pelos cabelos,
ato-me às cordas de tua voz,
arranco todos os teus pelos,
numa justaposição voraz.

Eu te deixo ensanguentado,
pelos meus dentes afiados,
devorando-te em nacos, pois
sou a fêmea do louva-a-deus.

Nota: imagem copiada de cienciahoje.uol.com.br

2 comentários sobre “A FÊMEA DO LOUVA-A-DEUS

  1. Pedro Rui

    Lindos versos, lindo, tu com as palavras me alegras. Que o ser humano se ame com verdade no amor, pois nos bichinhos temos muitos exemplos. O poema é muito bonito.

    Abraços

    Rui Pedro

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rui
      Os animais dão-nos muitos exemplos de vida, mas, como achamos que sabemos tudo, perdemos a oportunidade de aprender. O amor precisa sempre ser sincero.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *