A TRISTEZA E A POESIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH carp.12

Hoje, a tristeza está a me rondar.
Vou buscar um cantinho de jeito,
mergulhar em versos imperfeitos,
até minha alegria poder voltar.

Vou me fundir com as palavras,
sem que ninguém possa perceber,
onde eu começo e elas terminam,
onde há lágrimas e faltam rimas.

Terei apenas a emoção como guia.
Seguirei as trilhas do desconhecido,
através dos pontos, vírgulas e aspas,
perdendo-me nas linhas  da poesia.

Vou dar volta em meio às estrelas.
Passarei  por debaixo do arco-íris,
escolherei ser menina ou menino,
e nos versos ser alegre ou triste.

Vou me espairecer com as palavras,
segurando nas hastes de suas letras;
atravessarei os travessões e hífens,
jogando pra longe essa tristeza.

Vou me balouçar na interrogação e
coa exclamação puxarei minha sorte .
Com o ponto final prenderei a alegria
e na magia da poesia renascerei.

Nota: ilustração copiada de www.revistabula.com

12 comentários sobre “A TRISTEZA E A POESIA

  1. Reini Dantas Leal

    Oi minha linda flor e prima poeta!
    Espero que a alegria e a paz já tenham inundado o seu doce e lindo coração, de forte Mulher!
    Quisera eu estar perto de ti, para transmitir pela luz divina, o quão Deus te ama e deseja vê-la alegremente feliz!
    Dizer-te, também o quanto Deus precisa do uso constante do seu grandioso dom, escrever versos, poemas, causos ou contos para tantos outros, simplesmente sorrirem… Missão de amor!
    Querida e amada poetiza, embora tão distante, saiba que te amo e te quero muitíssimo bem… e mais, também preciso de ti, escrevendo, alegrando e encantando nossos corações, às vezes nas trevas e por muito mais vezes, vivendo e renascendo na luz da alma divina do ser!
    Sorria, por mais triste que a vida ou os fatos pareçam!

    Bjos de luz da alegria!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Reini

      Priminha querida, poetiza das boas, que vende sabedoria e bondade.
      A nuvem tosca da tristeza já chegou e já partiu. Estou bem.
      Você sabe como é a tal “deprê”. Vai chegando sem pedir licença.
      Mas, como disse o meu amigo acima:

      “Você não pode impedir que os pássaros da tristeza voem sobre sua cabeça, mas pode, sim, impedir que façam um ninho em seus cabelos.” (Provérbio Chinês)

      Então, rodei a baiana e fiz “Xou!” para esse pássaro atrevido.
      Estou bem agora, cheia de energia.
      E ainda mais recebendo essas mensagens tão lindas…

      Você é muito fofa, quando me diz:

      “Querida e amada poetiza, embora tão distante, saiba que te amo e te quero muitíssimo bem… e mais, também preciso de ti, escrevendo, alegrando e encantando nossos corações, às vezes nas trevas e por muito mais vezes, vivendo e renascendo na luz da alma divina do ser!
      Sorria, por mais triste que a vida ou os fatos pareçam!”

      Não dá para ficar triste ao ler coisas tão lindas.

      Obrigada pelo carinho e grande beijo,

      Lu

      Responder
  2. Edward Chaddad

    LuDias

    A tristeza, um sentimento muito profundo,
    por vezes, habita nosso coração.
    Insana e cruel,
    Perfura-nos até sangrar
    E nos ferir de morte.

    Superá-la é missão muito difícil
    Porém muita fé e esperança
    Com certeza nos pode ajudar
    E nos levar novamente à alegria.

    Seus pensamentos, com toda a certeza, LuDias, ajudam a todos que necessitam buscar forças para superar os sentimentos de desesperança, amargura, desalento. Acredito que são poucos aqueles que não sentem, no seu trajeto de vida, a tristeza dentro do seu coração a deixar-lhes mal. Mas, é claro, temos que superar.

    A propósito recebi do Mário, um email, com mensagens maravilhosas. Uma delas é neste sentido:
    “Você não pode impedir que os pássaros da tristeza voem sobre sua cabeça, mas pode, sim, impedir que façam um ninho em seus cabelos.” (Provérbio Chinês)

    Maravilhosa poesia.

    Responder
    1. Mário Mendonça

      Edward

      Recebi de um amigo nissei, Chiqueiuqui Orito.
      Foi um prazer repassar a você e a Lu Dias, que sempre nos brinda com posts maravilhosos.

      Como sempre o senhor com suas sábias palavras…

      Abração

      Mário Mendonça

      Responder
      1. LuDiasBH Autor do post

        Mário

        Achei aquela lista de provérbios muito interessante.
        Gosto das coisas que ensinam com humor.
        Xô, tristeza!

        Abraços,

        Lu

        Responder
    2. LuDiasBH Autor do post

      Ed

      Lidar com essa bichinha chamada “depressão” não é fácil.
      A sirigaita está sempre querendo tomar as rédeas da gente.
      Por isso, há dias em que, sem que e nem porque, desce uma tristeza danada, feito uma nuvem escura de céu tenebroso e escurece o nosso horizonte.
      E, no outro dia, sem que e nem porque, ela desaparece.
      Mas eu não sou mulher de deixar bicho cagão fazer ninho em minha cabeça… risos.
      Já estou de bem comigo mesma e com mundo, embora não saiba até quanto tempo durará esta trégua.

      Grande abraço,

      Lu

      Responder
  3. Ciça

    Lu

    Leio diariamente o seu blog e o adoro, pois você nos traz assuntos bem variados e interessantes, é sem dúvida o melhor que conheço. Não sou de comentar, mas hoje senti vontade de lhe dizer que a achei muito triste, sem falar na comovente foto que postou. Sou mais uma leitora que adora você e este cantinho, se saber disso a deixar mais feliz.

    Beijos

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ciça

      Agradeço-lhe o carinho!
      Fico feliz ao saber que acessa nosso blog diariamente.
      Isso é mesmo uma grande forma de amor, ainda que virtualmente.

      Você acabou captando a minha tristeza.
      É uma pessoa muito sensível.
      Já estou melhor, amiguinha.

      A foto é mesmo muito comovente.
      Também me emocionei ao vê-la.

      Grande abraço,

      Lu

      Responder
  4. Manoel Matos

    Lu

    Você deve estar mesmo triste, pois sua poesia está muito inspirada. Você usou a poesia para afastar a tristeza, espero que tenha conseguido.

    Abraços

    Nel

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Nel

      Você acertou.
      Eu ando meio triste, meio inconformada com certas coisas da vida.
      Ainda não conseguiu… risos.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      E olhe que tenho uma vista majestosa para o horizonte, bem de frente para a Serra do Curral.

      Beijo no coração,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *