ANGÚSTIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH Sus12

Minha angústia parece não ter fim,
pois só diviso pedras pelo caminho.
Não atino um só rasgo de bondade,
ando faminta de amor e carinho.

Envergo o manto cru desta angústia,
que ofusca meus mais tolos desejos,
pois o amor fez pouco caso de mim,
fui pra ele um porão de despejos.

Minha realidade é uma árdua carga,
onde tristezas e injustiças se ajuntam.
A ventura nunca me fez uma visita, e
da vida só carrego minha angústia…

4 comentários sobre “ANGÚSTIA

    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Não se preocupe!
      O poeta sofre pelos outros, ainda que esteja repleto de amor.
      Mas, se assim não fosse, seus versos morreriam.

      Abraços,

      Lu

      Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Mário

          E também é capaz de captar o dos outros de modo a fazer as pessoas imaginarem que ele é seu.
          O poeta é muito doido… risos.

          Abraços,

          Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *