BONS FILMES SEGUNDO ROGER EBERT (II)

Autoria de LuDiasBH

rebertII

Não acredito em classificações e listas […], pois tais listas não têm sentindo e podem mudar de um dia para outro. Não procurei listar “os cem melhores filmes”, mas simplesmente selecionar cem bons filmes – sem ordem de classificação, escolhidos apenas segundo minhas preferências e suas qualidades artísticas, seu papel histórico, sua influência, etc. […] Para o crítico britânico Derek Malcolm um grande filme “é qualquer filme que ele considere impossível não querer rever”. Concordo com ele. (Roger Ebert)

O legado perene de Roger Ebert é o de converter e educar pessoas a apreciarem filmes importantes e desafiadores de todas as épocas […] redescobrindo tesouros esquecidos ou enterrados. […] Ele expandiu a visão dos espectadores, ampliou-lhes a capacidade de apreciar filmes e apresentou-lhes as melhores obras de muitos países. (Mary Corliss)

O estadunidense Roger Joseph Ebert (1942-2013) foi crítico de cinema e também roteirista. Iniciou sua carreira, como crítico, em 1967, escrevendo para o Chicago Sun-Times. Em sua coluna, ele fazia críticas e análises de filmes, que eram republicadas em mais de 200 jornais ao redor dos Estados Unidos e do mundo. Escreveu mais de 15 livros, incluindo seu guia anual de filmes, que reúne as suas críticas de cada ano. Foi o primeiro crítico de cinema a vencer um Prêmio Pulitzer de Crítica. Também recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood. A crítica positiva de Roger Ebert a um filme era sinônimo de sucesso para esse, tanto é que passava a constar na capa do filme.

Abaixo, em ordem alfabética, o nome de mais 100 bons filmes segundo a  opinião de Roger Ebert, que deixa claro que não acredita em listas classificatórias, pois também crê que um bom filme é aquele que é impossível não querer rever. Alguns deles estão comentados aqui no nosso blog (marcados com asterisco):

1. 007 Contra Goldfinger (Guy Hamilton) *
2. A Sangue Frio (Richard Brooks)
3. Acossado (Jean-Luc Godard)
4. O Açougueiro (Claude Chabrol)
5. Alien – O Oitavo Passageiro (Ridley Scott) *
6. Amadeus (Milos Forman) *
7. Amarcord (Frederico Fellini)
8. Amor Sublime Amor (Robert Wise/ Jerome Robbins)
9. Antes Só do que Mal Acompanhado (John Hughes) *
10. Aurora (Friedrich Wilhelm)
11. As Aventuras de Robin Wood (Michael Curtiz/ William Keighley)
12. O Baile dos Bombeiros (Milos Forman)
13. Bob, O Jogador (Jean-Pierre Melville)
14. Os Bons Companheiros (Martin Scorsese)
15. O Boulevard do Crime (Marcel Carné)
16. Branca de Neve e os Sete Anões (Walt Disney)
17. Os Brutos Também Amam (George Stevens)
18. Buster Keaton (Joseph Frances Keaton)
19. Os Caçadores da Arca Perdida (Steven Spealberg)
20. Cada um Vive como Quer (Bob Rafelsom)
21. Caminhos Perigosos (Martin Scorsese)
22. A Canção da Vitória (Michael Curtiz)
23. A Ceia dos Acusados (W.S. Van Dyke)
24. O Conto de Inverno (Erich Rohmer)
25. Contos da Lua Vaga (Kenji Mizoguchi) *
26. Contos de Tóquio (Yasujiro Ozu)
27. A Conversação (Frances Ford Copolla)
28. A Cor Púrpura (Steven Spielberg) *
29. Coronel Blimp – Vida e Morte (Michael Powell/ Meric Press Burguer)
30. Os Corruptos (Fritz Lang)
31. Desafio à Corrupção (Robert Rossen)
32. Desejos Proibidos (Max Ophuls)
33. Despedida em Las Vegas (Mike Figgs)
34. O Diabo Riu por Último (John Huston)
35. Digam o que Disserem (Cameron Crowe)
36. O Discreto Charme da Burguesia (Luis Buñel) *
37. Doze Homens e uma Sentença (Sidney Lumet)
38. Os Eleitos (Philip Kaufman)
39. Os Embalos de Sábado à Noite (Jonh Badham)
40. Um Estranho no Ninho (Milos Forman)
41. O Evangelho Segundo S. Mateus (Pier Paolo Pasolini) *
42. Feitiço da Lua (Norman Jewison)
43. A Grande Testemunha (Robert Bresson)
44. Grandes Esperanças (David Lean)
45. Grisbi, Ouro Maldito (Jacques Becker)
46. Gritos e Sussuros (Ingmar Bergman)
47. O Guarda (Edward Cline)
48. Uma História de Natal (Bob Clark)
49. O Homem que Ri (Paul Leni)
50. Os Imperdoáveis (Clint Eastwood)
51. Um Inverno de Sangue em Veneza (Nicholas Roeg)
52. Isto é Spinal Tap (Rob Rainer)
53. Janela Indiscreta (Alfred Hitchcock)
54. Jogo de Emoções (David Mamet)
55. King Kong (Merian C. Cooper)
56. Lanternas Vermelhas (Zang Yimou)
57. Laura (Otto Preminger)
58. O Leopardo (Luchino Visconti)
59. A Longa Caminhada (Nicholas Roeg)
60. A Marca da Maldade (Orson Weles)
61. Meu Jantar com André (Louis Malle)
62. Meu Passado me Condena (Basil Dearden)
63. Mon Oncle (Jacques Tati)
64. Meu Vizinho Totoro (Hayao Miyazaki)
65. Muito Além do Jardim (Hal Ashby)
66. Uma Mulher para Dois (François Truffaut)
67. O Nascimento de uma Nação (David Work)
68. As Noites de Cabíria (Federico Fellini)
69. Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Wood Allen)
70. As Oito Vítimas (Robert Hamer)
71. Orfeu (Jean Cocteau)
72. Pacto Sinistro (Alfred Hitchcock)
73. Paris, Texas (Wim Wenders)
74. Patton – Rebelde ou Herói? (Franklin J. Schaffner)
75. Piquenique na Montanha Misteriosa (Peter Weir)
76. A Ponte do Rio Kwai (David Lean)
77. Primavera para Hitler (Mel Brooks)
78. A Queda da Casa de Uscher (Jean Epstein)
79. Ran (Akira Kurosawa)
80. Rashomon (Akira Kurosawa)
81. Rastros de Ódio (Jonh Ford)
82. A Regra do Jogo (Jean Renoir)
83. Rififi (Jules Dassin)
84. Romeu e Julieta (Franco Zeffirelli)
85. A Sala de Música (Satiajit Ray)
86. Scarface (Brian De Palma)
87. Sobre o Domínio do Mal (John Frankenheimer)
88. Solares (Andrei Tarkoviski)
89. Sonho Azul (Tian Zhuanjshuanj)
90. Um Sonho de Domingo (Bertrand Tavernier)
91. Stroszek (Weiner Herzog)
92. O Tesouro de Sierra Madre (John Huston)
93. Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia (Sam Peckinpah)
94. Três Homens em Conflito (Sergio Leone)
95. Trilogia das Três Cores (Krzysztof Kieslowski) *
96. Tubarão (Steven Spilberg)
97. Túmulo dos Vagalumes (Isao Takahata)
98. A Última Gargalhada (Friedrich Wilhelm)
99. Umberto D (Vittorio De Sica)
100.Vinhas da Ira (John Ford)

Nota: Roger Ebert e sua esposa Chaz Ebert

Fonte de pesquisa
Grandes Filmes/ Roger Ebert
Editora Ediouro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *