Bosch – CRUZ ÀS COSTAS

Autoria de LuDiasBH

Cruzbos

A composição Cruz às Costas, também conhecida como Ida ao Calvário, obra de Bosch, também retrata a Paixão de Cristo, seguindo a mesma linha de Ecce Homo. A cena divide-se em dois planos: superior e inferior.

Em meio a uma grande multidão de participantes da caminhada, Jesus Cristo anda curvado sob o peso de uma imensa cruz de madeira, em forma de T. De sua cabeça com a coroa de espinhos escorre sangue em direção ao rosto. Para aumentar o flagelo, pedaços de madeira com pregos são atados à cintura do Mestre, machucando seus pés e tornozelos a cada passo que ele dá.

Um soldado de branco, tendo às costas um escudo ornado com a figura de um gigantesco sapo, símbolo do mal à época, puxa a corda que está amarrada à cintura de Cristo. Atrás dele, um homem de veste rosa, chicoteia-o. A multidão é composta por populares e por soldados. As figuras têm rostos maléficos e se mostram excitadas com a cena. A turba carrega lanças, chicote e uma escada para postar Cristo na cruz.

Mais abaixo, em primeiro plano, desenrolam-se duas outras cenas. Numa delas, à esquerda do observador, o mau ladrão está sendo torturado por um soldado, e na outra, à direita, um sacerdote confessa o bom ladrão, que se mostra visivelmente emocionado. Um pau, fincado perto dele, sinaliza que ali será crucificado, assim como a presença de uma escada a seus pés. Um personagem de vermelho olha embevecido para pau, como se aguardasse com júbilo o que está por vir.

No fundo da obra vê-se uma tranquila paisagem com videiras e um céu azulado.

Ficha técnica
Ano: c.1500
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 57,2 x 32 cm
Localização: Museum Kunsthistorisches, Viena, Áustria.

Fonte de pesquisa
Bosch/ Taschen
Bosch/ Abril Coleções

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *