Dalí – APARIÇÃO DO ROSTO E FRUTEIRA NUMA PRAIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

    dali 9   dalicao

Na composição acima, Dalí apresenta diversos elementos que, ordenados, formam uma paisagem, um cão e o rosto de uma mulher. Para ficar mais fácil para o leitor, vamos identificar primeiro o cão:

1- Observe da esquerda para a direita da pintura, o cão tomando toda a tela. A parte traseira do animal começa à esquerda, o meio de seu corpo é feito pela fruteira com peras, e sua cabeça encontra-se à direita, olhando para fora da tela. Ele paira em pleno ar.

2- No canto superior direito encontra-se uma onírica paisagem, onde aparece uma baía com suas ondas, e uma montanha com um túnel, mas que também é a cabeça do cão, sendo que sua coleira forma um viaduto ferroviário sobre o mar.

3- A fruteira com peras, que forma a parte central do cão, forma também o rosto de uma mulher, fronte e nariz, cujos olhos são feitos de conchas marinhas.

Nesta intrigante paisagem, muitos elementos são reconhecíveis, outros não. Havendo inúmeros significados. Mas a tela é tão surpreendente que o observador não se preocupa com o seu significado. Será que você foi capaz de enxergar o grande cão? Observe agora o segundo quadro.

Ficha técnica
Ano:1938
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 114,2 x 143,7 cm
Localização: Wadsworth Atheneum, Hartfork, Connecticut, EUA

Fonte de pesquisa
A História da Art/ E.H. Gombrich

12 comentários sobre “Dalí – APARIÇÃO DO ROSTO E FRUTEIRA NUMA PRAIA

    1. LuDiasBH Autor do post

      Cláudio

      Não, trata-se de uma pintura mesmo. O homem era mesmo muito criativo.

      Obrigada por sua visita e comentário. Volte sempre.

      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. Michely Bronzy

        Oi, Lu!

        Minha mãe tem esse quandro, ela mora em uma ilha em Belem do Pará. Vejo todos essas figuras, passei dias olhando, eu e meus irmãos, para cada um dar sua opinião. Estou muito feliz em saber que é obra do pintor surrealista Salvador Dalí.

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Michely

          Trata-se mesmo de um quadro muito bonito. O de sua mãe é uma cópia do mesmo. E, dependendo da época em que foi feita, possui um bom preço. Sabia que o corpo do Dalí foi exumado para buscar o DNA do artista e comparar com o de uma mulher que se diz sua filha?

          Amiguinha, agradeço a sua visita e comentário. Volte mais vezes. Há mais pinturas de Dalí.

          Abraços,

          Lu

        2. Michely Bronze

          É um quadro muito antigo que uma senhora trouxe da Espanha e deu para um rapaz que trabalhava com ela. Antes do rapaz morrer, ficou com um senhor que deu para minha mãe. Ele tem uma textura de pintura diferente, e muito turista da ilha já quis comprar, mas minha mãe nunca quis vender. É um quadro grande, exatamente como esse, e não tem assinatura, por isso fiquei feliz em saber que é obra do surrealista Dalí, mesmo sendo uma réplica.

          Obrigada

        3. LuDiasBH Autor do post

          Michely

          O original desta cópia encontra-se hoje nos Estados Unidos da América. O desejo de turistas em comprar o quadro significa que se trata de uma cópia antiga, feita na Espanha. Sua mãe está correta em não querer vender, pois é um quadro maravilhoso, que deve ser preservado.

          Abraços,

          Lu

  1. Leonardo Avilla

    Juro que não vi o cachorro! Achei essa pintura deslumbrante! E, sim, eu me preocupei com os significados, tanto que fiz uma pesquisa e vim parar aqui.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Leo

      Para mim é questão de honra mostrar-lhe o cachorro.
      Aguarde!
      E muito obrigada pela visita.
      Volte sempre e traga seus amigos.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Patricia

    Hahahahahaha!
    Minha querida autora, você descrevendo é fácil identificar.
    Antes na minha pobre admiração não vi o cão e muito menos o túnel.
    Fantástico.
    Beijos

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Pat

      Que cachorrinho danado de oculto e ao mesmo tempo tão visível.
      Mas com essas obras, nossos olhos vão ficando cada vez ágeis para encontrar os detalhes.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Não pense você que muitos veem o cão com facilidade.
      É mesmo uma viagem.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *