Figari – NO PAMPA

Autoria de LuDiasBH

nopam

A pintura No Pampa é uma obra do pintor uruguaio Pedro Figari. É tida como uma das suas mais significativas composições. Ela repassa ao observador um sentimento de doída solidão.

Num cenário descampado, uma planta herbácia de grande tamanho, conhecida com o nome de “ombú”, muito comum no Uruguai, e parecida com uma árvore, ocupa o centro da composição. À esquerda, num dos galhos mais baixos da suposta árvore, estão dois pequenos pássaros de cor escura. Eles são as únicas aves vistas em toda a paisagem. A proximidade entre eles reforça o sentido de companheirismo num local tão ermo. Mais solitário mostra-se um cavalo velho e magro, em primeiro plano, de cara branca voltada para a direita, como se algo tivesse chamado sua atenção, ou se ruminasse a sua tristeza.

O solo de um verde-amarelado está cortado por uma corrente azulada de água, à esquerda, e o que parece ser sua ramificação à direita. Um imenso céu azul, tomando ¾ da tela, aumenta ainda mais a amplitude do local e a sensação de isolamento. Uma lua esbranquiçada mostra-se acima dos dois pássaros. Embora o artista não apresente a figura humana na sua paisagem, ela nos remete à nossa solidão neste Universo tão denso e amplo. Estamos tão sós quanto o cavalo, os dois pássaros, a árvore e a lua.

Ficha técnica
Ano: 1923
Técnica: óleo sobre cartão
Dimensões: 70 x 100 cm
Localização: Palácio do Governo, Montevidéo, Uruguai

Fonte de pesquisa
Gênios da Pintura/ Abril Cultural
http://www.museofigari.gub.uy/innovaportal/v/26387/20/mecweb/pedro-figari-en-la-pampa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *