Filme – BUTCH CASSIDY

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

 buca   bucaa

Acho Butch Cassidy um bom filme. Deu muito trabalho para fazer e foi de fato muito divertido. Se o público não tivesse gostado, simplesmente ficaria louco. (George Roy Gill)

Butch Cassidy me colocou em outro patamar artístico. Era conhecido, tinha feito Descalços no Parque. Mas esse foi o filme que mudou a minha vida. (Robert Redford)

Gostaria de ser lembrado como um cara que tentou ser parte do seu tempo, tentou encontrar alguma decência em sua própria vida, tentou se superar como ser humano (Paul Newman)

Buch Cassidy (1969), filme do diretor norte-americano George Roy Gill é, sem dúvida, um dos filmes mais empolgantes da história do cinema. O roteiro premiado de William Goldman baseia-se na história verdadeira dos fora da lei Butch Cassidy e Sundance Kid que, juntos, fizeram misérias no Velho Oeste americano, assaltando bancos e trens com o seu bando. Embora o filme mostre a dupla como não violenta, existem relatos de muitas mortes que ocorreram durante os assaltos do bando. Contudo, o mais violento da gangue era Harvey “Kid Curry” Logan que, no filme, tem a ousadia de querer roubar a chefia de Butch.

Embora não tenha uma filmografia extensa, o cineasta George Roy Gill é responsável por dois grandes filmes, Butch Cassidy e Golpe de Mestre, que se encontram entre os 40 filmes de maior bilheteria nos EUA em toda a história do cinema. Ele iniciou a sua carreira de diretor aos 40 anos e aos 67 optou por lecionar na Universidade de Yale. Faleceu em 2002 com o agravamento da doença de Parkinson, aos 81 anos.

Para viver os dois principais personagens de Butch Cassidy, George Roy Gill escolheu dois grandes atores, Paul Newman e Robert Redford, que até então não se conheciam, mas que se deram maravilhosamente bem no filme. E, como em time que está ganhando não se mexe, a mesma dupla de atores trabalhou no fenomenal Golpe de Mestre.

O filme Butch Cassidy é divertido e romântico. E, onde se combina talento, roteiro inteligente e original, ação, cenários maravilhosos, música fantástica e trilha sonora de cair o queixo, não se pode esperar outro resultado, que não seja o reconhecimento de quem ama a sétima arte.

A história se passa por volta de 1900 em Wyoming, EUA, quando dois bandidos simpáticos e bonitões, Butch Cassidy (Paul Newman) e Sundance Kid (Robert Redford), que fazem do roubo uma profissão, comandam o grupo marginal apelidado de Buraco na Parede. Embora sejam muito amigos, os dois chefões possuem personalidades bem diversas. Enquanto Butch é falante, amigável, cheio de ideias, brincalhão e nunca matou ninguém, Sundance Kid é taciturno, extremamente concentrado, hábil no manejo do revólver e se encontra permanentemente em alerta.

Ao se dirigirem para o esconderijo do bando, Butch confessa a Sundance que deseja ir para a Bolívia, um país que ele não sabe ao certo, se fica na América do Sul ou na América Central. Assim que chega ao local onde se encontra o restante do grupo, encontra um motim, comandado por Kid Curry (Ted Cassidy), que põe em cheque a sua chefia. Logo ele corta a empáfia dos rebeldes e ainda se apropria da ideia de Kid Curry, que era assaltar o trem na ida e na volta, pois a segurança da ferrovia não esperaria que o trem fosse assaltado na volta.

O bando põe-se à espera do trem. Tudo sai de acordo com o plano. Butch comemora num prostíbulo, enquanto Sundance passa a noite com a professora Etta Place (Katharine Ross), sua amante, aguardando o retorno do trem para um novo assalto. Contudo, não sabem que estão assaltando um comboio de alguém muito importante, que irá contratar um grupo de homens destemidos, sob a liderança de um xerife incorruptível, que tem como objetivo acabar com o bando ou, pelo menos, com a sua chefia, a qualquer preço.

O segundo ataque ao trem é um fiasco. Butch coloca dinamite em demasia e manda o dinheiro pelos ares. Enquanto o bando preocupa-se em recolher a dinheirama que foi espalhada, aproxima-se uma locomotiva. Assim que ela pára, suas portas são abertas e descem vários cavaleiros armados. Os bandidos são perseguidos. Alguns são mortos. Sundance e Butch conseguem escapar, mas são perseguidos implacavelmente. Atravessam cidades, montanhas, desertos, rochedos… Mas os cavaleiros estão sempre ao encalço da dupla. Nenhum tipo de disfarce ou artifício surte efeito. Os perseguidores não arredam pé. Os dois foragidos passam a desconfiar de que um índio, perito em reconhecer pegadas, dirige o grupo. Quando, quase mortos de cansaço, conseguem despistar os perseguidores, resolvem fugir para a Bolívia, onde a história da dupla, agora com mais um membro, a professora, continua.

Como sempre, a crítica posiciona-se na contramão da história. Assim que foi lançado, Butch Cassidy recebeu muitas críticas negativas, mas o sucesso de bilheteria foi estrondoso. O filme está colocado entre as 100 maiores bilheterias de todos os tempos. Foi indicado a sete Oscar, vencendo quatro: melhor fotografia, melhor trilha sonora, melhor música e melhor roteiro adaptado. Também recebeu muitos prêmios da BAFTA e o Globo de Ouro pela melhor trilha sonora.

Butch Cassidy deixa o tradicionalismo dos filmes de faroeste, com heróis durões e imbatíveis que lutam até a morte, para apresentar heróis alegres, piadistas e, muitas vezes, indecisos e amedrontados, que fogem quando sentem que o mar não está bom para peixe. Mas o que fica evidente no filme é a grande amizade e confiança que unem Butch Cassidy e Sundance Kid em todos os momentos, quer sejam bons ou ruins. E é exatamente essa amizade que torna o filme extremamente humano e tocante, a ponto de levar o espectador a torcer pelos bandidos.

Não nasci com nenhum dom natural para fazer qualquer coisa. Não era um atleta, não era um escritor, um diretor, nem sequer um pintor de varandas. Nada veio fácil para mim. Precisei trabalhar duro. (Paul Newman)

Curiosidade:

• O personagem “Sundance Kid” foi primeiramente oferecido (e aceito) ao ator Steve McQueen. Porém, como tanto McQueen quanto Newman estavam no auge de suas carreiras, surgiu o problema de qual nome apareceria primeiro nos créditos do filme, tendo sido proposto que os nomes dos dois aparecessem antes do título do filme, o que daria uma idéia de igualdade. Newman concordou com a idéia, mas McQueen desconfiou que a proposta fosse na verdade um truque, e resolveu desistir do filme e o personagem acabou com Robert Redford.

• Paul Newman só usou dublê na famosa cena da bicicleta, na hora em que o personagem cai contra a cerca.

• A canção do filme, Raindrops Keep Fallin`on My Head, levou o Oscar de melhor música, e a trilha sonora do famoso Burt Bacharach ganhou outro Oscar.

• A produção queria que Bob Dylan cantasse a famosa canção de Burt Bacharach, mas ele não aceitou o convite.

• Ao ver a cena em que Newman experimenta uma bicicleta, Redford não teria gostado, sugerindo que a mesma fosse cortada do filme. A cena, com a música de Burt Bacharach, acabou se tornando uma das mais famosas do cinema.

• As cenas da Bolívia tiveram como cenário o México.

• A irmã do verdadeiro Butch Cassidy acompanhou grande parte da filmagem.

• O bando de Butch, no filme, é chamado de Hole in The Wall (Buraco na Parede), mas o nome verdadeiro era Wild Bunch. A mudança ocorreu em razão de um filme com esse nome (Meu Ódio Será Tua Herança, no Brasil).

• O trio verdadeiro foi para Buenos Aires/ Argentina. Não se sabe ao certo como morreram os dois marginais, mas se tem certeza de que Etta voltou aos EUA.

• A Juventude de Butch Cassidy (1979) é um filme que conta os acontecimentos da vida do protagonista, antes do filme original. Foi indicado ao Oscar de melhor figurino.

Cenas imperdíveis:

• A demonstração que Sundance faz para mostrar como maneja bem a arma, depois de ser chamado de ladrão, num jogo de cartas.

• O modo como Butch desarma Kid Curry, quando esse tenta ganhar a chefia do grupo.

• O passeio de bicicleta feito por Etta e Butch – a cena mais famosa do filme- ao som de Raindrops Keep Fallin`on My Head.

• A cena em que Sundance Kid exige que a professora Etta tire a roupa sob a mira de um revólver. Só depois o espectador descobre que eles já se conheciam.

• A chuva de dinheiro, após a explosão do cofre.

• O pulo e a descida pela cachoeira dos dois protagonistas em fuga.

• A tentativa de assaltar falando espanhol.

• A cena em que os perseguidores descem da locomotiva, até então escondidos, com cavalo e tudo.

• O cenário mostrado no filme.

• A imagem congelada da dupla, no final do filme, correndo para enfrentar o exército boliviano, num tiroteio.

Fontes de Pesquisa:
1001 Filmes para…
Cinemateca Veja
Wikipédia

2 comentários sobre “Filme – BUTCH CASSIDY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *