Filme – O FUGITIVO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

ofug   ofuga

Eu não matei minha mulher! (Richard Kimble)

O Fugitivo (1993), dirigido pelo cineasta americano Andrew Davis e rodado em Chicago, é um desses filmes que deixam o espectador com os olhos e ouvidos grudados na tela, embora o tema não seja novo no cinema: um homem é injustamente condenado à morte e, para provar a sua inocência, precisa fugir e correr contra o tempo, em busca de provas que atestem a sua inculpabilidade.

O filme originou-se de um seriado americano de grande sucesso, com o mesmo nome, que ficou no ar durante quatro anos, sendo que o último episódio arrebatou a maior audiência da tevê americana, em todos os tempos.

A trama conta a história de um importante cirurgião, Richard Kimble (Harrison Ford) que é acusado de ter assassinado a sua esposa Helen (Julianne Moore). Os dois estão saindo de uma festa, quando o cirurgião é chamado para ajudar numa cirurgia de emergência. Sua esposa vai para casa, onde o aguarda. Após cumprir sua tarefa, o médico volta para sua casa, mas encontra a mulher muito ferida. Enquanto tenta socorrê-la é atacado por um estranho que usa um braço mecânico. Os dois travam uma luta ferrenha, mas o assassino consegue fugir da cena do crime, enquanto a mulher morre. A partir daí a vida do Dr. Kimble transforma-se num verdadeiro inferno, pois um somatório de casualidades indica que ele é o autor do crime:

1. não existe nenhuma marca de arrombamento em sua casa;

2. ele é o único beneficiário do seguro feito por sua riquíssima mulher;

3. um telefonema dado por Helen, já agonizante, cita o seu nome, numa infeliz coincidência.

Dr. Kimble, após ser julgado e condenado à morte, é enviado, juntamente com três outros prisioneiros, para uma penitenciária de segurança máxima, onde deverá esperar pelo dia de sua execução. Mas, durante a viagem, uma reviravolta acontece, permitindo que ele fuja no caminho. Caçado impiedosamente por uma equipe do U. S. Marshals (agência americana ligada à Justiça Federal), liderada pelo astuto e intransigente Samuel Gerard (Tommy Lee Jones). A ordem é para capturá-lo vivo ou morto. Daí para frente o enredo torna-se cada vez mais instigante.

O Fugitivo rendeu um casamento perfeito entre o público e a crítica. Além de ter sido elogiado pela crítica, foi muito bem aceito pelo público, resultando numa grande arrecadação.

Cenas imperdíveis:

• a queda do ônibus sobre uma linha férrea;

• o desastre envolvendo o trem;

• o pulo de Kimble na represa, ao tentar fugir;

• Kimble salvando a criança e o soldado, apesar de estar fugindo;

• a cor verde do rio Chicago.

Curiosidades:

• um trem de verdade foi descarrilado, e toda a ação foi filmada de uma só vez;

• o único efeito visual usado na cena do trem foi o momento em que Kimble pula do ônibus, antes do choque;

• o filme recebeu sete indicações ao Oscar: melhor filme, fotografia, montagem, som, efeitos sonoros, ator coadjuvante e trilha sonora;

• o ator Harrison Ford, que fez o protagonista do filme, jamais havia assistido algum episódio do seriado de televisão que inspirou o roteiro do filme antes de começar a filmar;

• Tommy Lee Jones levou o Oscar e o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante;

• cenas que não foram rodadas em Chicago, mas na Carolina do Norte: a do acidente do trem, a da fuga na ambulância e a da represa;

• o ator Harrison Ford usou barba nas cenas iniciais e a raspou quando se tornou um fugitivo;

• Ford rompeu os ligamentos de uma das pernas durante a filmagem da fuga pela floresta, recusando-se a fazer uma cirurgia antes do término do filme. O fato de ele mancar na cena é em função do acidente;

• a parada de São Patrício (feriado importante da Irlanda) não constava do roteiro, mas a oportunidade favoreceu sua inclusão no filme. É por isso que o rio Chicago está tingido de verde;

• os criadores da série de TV e do filme alegam não ter se inspirado no caso acontecido em 1954, quando o médico Sam Sheppard foi acusado de matar a própria mulher. Alegando inocência, ele sempre buscou encontrar o assassino. Ficou preso durante 12 anos, sendo considerando inocente poucos anos antes de sua morte.

• O sucesso do filme originou um segundo filme estrelado pelo personagem de Gerard (Tommy Lee Jones). Em U.S. Marshals – Os Federais, o tenente persegue um novo fugitivo da justiça, ao lado de um agente do FBI (Robert Downey Jr.).

Fontes de pesquisa:
Cinemateca Veja
Wikipédia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *