INDAGAÇÕES SOBRE O USO DA INTERNET

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria deLuDiasBH

globmund

“Não pensávamos em negócio, mas na internet como uma forma de comunicação global.” (Jerry Yang)

“A internet é o meio de comunicação mais democrático dos últimos tempos. E por ser anárquica, está ao alcance de todas as manifestações, artísticas inclusive.” (Kátya Chamma)

“A Internet foi a mudança mais fundamental durante minha vida e para centenas de anos. Alguém outro dia disse, ‘É a maior coisa desde Gutenberg’, e então outra pessoa disse ‘Não, é a maior coisa desde a invenção da escrita’.” (Rupert Murdoch)

A pergunta que se tem feito é se a internet afastou as pessoas ou se fez exatamente o contrário. Esta é uma questão muito complexa que não tem apenas uma resposta, mas muitas. Para esta pergunta específica, temos que trabalhar com muitas variáveis na busca por uma resposta que, diga-se de passagem, não se resume ao sim ou ao não, pois, dependendo do ângulo em que se olha, uma resposta diferente é encontrada. Alguns exemplos podem ilustrar melhor tal afirmativa.

  • A internet colocou a família em compartimentos estanques, é verdade, uma vez que cada membro encontra-se num mundo diferente, mas que foi o escolhido por ele.
  • A comunicação entre familiares, em casa, foi reduzida sensivelmente, também é fato.
  • A comunicação entre os membros ausentes da família tornou-se muito mais constante e eficaz, onde quer que se encontrem. Não existem mais as barreiras do tempo e da distância ou o preço do telefonema na comunicação.
  • Um casal, onde os dois usam a internet, não conversa o tempo todo como antes. Contudo, quando os dois falam entre si, possuem um mundo muito mais rico e variado, cheio de conhecimento e sugestões novas para serem trocadas. Não mais se resume ao assunto rotineiro de trabalho ou às fofocas sobre vizinhos e família.
  • O mesmo acontece com os filhos. Quando pais e filhos usam a internet, suas conversas, apesar de menos rotineiras, são extremamente agradáveis e variadas. Coisa que não acontecia antes, quando apenas os pais (conhecedores do bem e do mal) falavam e os filhos assentiam.
  • Embora possa parecer o contrário, a internet reduziu drasticamente as fofocas e as rusgas caseiras. O tempo para a implicância de um membro para com outro ficou bem menor. O espaço de cada um ficou mais bem delimitado e respeitado.
  • A vida dos vizinhos e amigos passou a ter menos importância no julgamento individual. Os encontros, normalmente, trazem temas nacionais e mundiais, pois o homem passou a ampliar a sua visão de mundo.
  • As amizades não mais ficam restritas à infância, à adolescência, à vida adulta, ao banco das escolas, aos passeios, etc. Elas podem ser revividas através da internet, sem cair em letargia, como acontecia antes. O fato é que, no contato pessoal, ficamos mais afastados, mas, em compensação, virtualmente ficamos muito mais ligados.

Fica a critério de cada um julgar se esse afastamento pessoal é bom ou ruim. Vai depender de suas características individuais. Mas, quer queiramos ou não, as ligações virtuais se aprofundarão mais e mais.

E você, meu caro leitor, como avalia a presença da internet em sua vida?

Nota: Imagem retirada de http://www.paraibaurgente.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *