Luca Signorelli – CRUCIFICAÇÃO COM MADALENA

Autoria de LuDiasBH

crucoma

A pintura Crucificação com Madalena é uma obra do pintor italiano Luca Signorelli  (c.1445-1523). É provável que o artista tenha trabalhado na oficina de Piero della Francesca, onde aprendeu sua arte. O desenvolvimento de sua linguagem artística deveu-se à influência dos pintores Antonio del Pollaiuolo e Andrea del Verrocchio. As figuras numa pose geométrica e estilizadas são uma característica de seu trabalho. Possuía grande habilidade para pintar a anatomia humana, como comprova a pintura em questão.  Foi um renomado pintor de painel e afrescos.

No primeiro plano da composição estão Jesus Cristo e Maria Madalena. A tosca cruz de madeira está centrada no meio do quadro, dividindo-o verticalmente. A tabuleta em vermelho, colocada no topo, toca a extremidade superior da tela.

O corpo de Jesus, pregado à cruz, mostra-se lívido. Seus músculos, em razão da distensão forçada de sua postura, sobretudo dos membros superiores, estão à vista. A cabeça, com longos cabelos dourados, tomba para frente. A coroa de espinhos atinge sua testa. Uma toalha vermelha, listrada nas pontas, cobre seu quadril e região pubiana. Um suporte, usado para que o crucificado não morresse rápido, sustém seus pés. Três grandes pregos sustentam-lhe mãos e pés. Das feridas abertas pelos pregos escorre sangue. E da chaga aberta abaixo de seu peito direito, o sangue jorra abundantemente, escorrendo pelo corpo até atingir os pés. No chão, entre a cruz e uma caveira, vê-se uma poça de sangue do Crucificado.

Maria Madalena encontra-se à direita de Cristo. Seu gesto largo e dramático demonstra dor e indignação. Traz o braço esquerdo direcionado para o corpo de Jesus e o direito apontando para o mundo, como se afirmasse que Jesus está morrendo para salvar a humanidade. Seu manto vermelho, maravilhosamente trabalhado em dobras, cai-lhe sobre os joelhos, deixando à vista seu vestido azul e os abundantes cabelos dourados, que lhe caem pelas costas e frente.

Ao fundo, numa pequena elevação à direita, duas cenas aludem aos acontecimentos que sucederão à crucificação de Jesus: a descida da cruz e o retorno com seu corpo pela parte mais baixa da colina. Três figuras encontram-se mais próximas à cruz. São bem maiores em razão da proximidade com o primeiro plano. Possivelmente duas delas sejam São João e Maria, mãe de Jesus. Ao fundo, à esquerda, avista-se uma paisagem com uma passagem numa rocha, onde se encontra José, assentado sobre uma pedra, com as mãos cruzadas sobre o joelho esquerdo. Acima vê-se um castelo.

Abaixo do pé da cruz estão dois símbolos importantes na pintura: um crânio e flores. O crâneo, colocado ao pé da cruz, faz parte da simbologia nórdica, e contém três possíveis simbologias nesta pintura:

  • referência ao local onde Jesus Cristo foi crucificado (Marcos 15:22);
  • referência ao primeiro homem (Adão) criado por Deus”(Coríntios 15:45);
  • símbolo da morte, que é redimida pela morte de Cristo na cruz, pois ele se encontra acima dela (Marcos 8:31) .

A presença das flores, em volta de Cristo crucificado, alude a uma vida nova, que somente Ele poderá proporcionar à humanidade, através da vida espiritual.

Obs.: Nas costas desta pintura existe um desenho de “São Jerônimo em Penitência”, feito a lápis preto.

Ficha técnica
Ano: c. 1500-1505
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 249 x 166 cm
Localização: Galleria deglu Uffizi, Florença, Itália

Fontes de pesquisa
A Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
http://europeanartincontext.blogspot.com.br/2015/03/crucifix-with-maria-magdalen-luca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *