Lucas Cranach, o Novo – NINFA RECLINADA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

ninfreclin

A composição denominada Ninfa Reclinada é uma obra do pintor Lucas Cranach, o Novo, que pintou inúmeros quadros, tendo como tema a mitologia clássica, inclusive, há três versões dessa mesma figura. Nesta pintura, ele parece ter buscado inspiração na “Vênus Reclinada”, de Giorgione Barbarelli.

Deitada sobre a relva, totalmente nua, a ninfa traz a cabeça recostada em suas vestes. Sobre o tronco de uma árvore estão dependurados o seu arco e sua aljava cheia de flechas. Duas aves pastam a seus pés. Na inscrição acima , à esquerda, uma frase transforma o quadro numa alegoria moral: “Não perturbem o sono da ninfa da sagrada primavera.”.

As ninfas, na mitologia grega, faziam parte dos séquitos dos deuses. Eram divindades menores, femininas, que jamais envelheciam, muitas vezes relacionados a um local ou objeto. Habitavam os bosques, florestas, montanhas, algumas espécies de árvores, grutas, rios, etc. Portanto, existiam as ninfas da terra, da água e do ar. Eram muito desejadas pelos sátiros (divindades dos bosques e campos, que tinham pés de cabra e diminutos chifres).

A palavra “ninfomania”, usada pela medicina no passado, era indicativa do excesso de desejo sexual em mulheres, tido à época como uma perversão.

Ficha técnica
Ano: c. 1537
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 48 x 73 cm
Localização: Musées des Beaux-Arts, Besançon, França

Fontes de pesquisa
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
Mitologia/ Thomas Bulfinch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *