Martin Schongauer – NASCIMENTO DE CRISTO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O gravador e pintor alemão Martin Schongauer (c. 1450 – 1491) era filho de um ourives. Formou-se provavelmente na oficina de Caspar Isenmann, da cidade de Colmar. Seu trabalho como pintor foi muito pouco documentado ao contrário do de gravador, cujo trabalho levava o monograma E. S.. Através de suas famosas gravuras em cobre e de seus desenhos, assim como de seus retábulos, exerceu grande influência no Gótico tardio na Alemanha. Na pintura acima é visível a influência flamenga, em especial a de Rogier van der Weyden.

A composição Nascimento de Cristo, também conhecida como Natividade, trata-se de um painel votivo. Provavelmente, o doador encontra-se na outra parte. Apresenta a Virgem Mãe com seu Menino Jesus ao colo, ao ar livre. Ela veste um vestido vermelho, trazendo sobre este um manto da mesma cor que se espalha sobre a vegetação. Está sentada sobre um banco coberto de erva. Segura seu Menino com a mão esquerda e com a direita oferece-lhe um galhinho de chicória, planta que, na Idade Média, era vista como dotada de poderes para afastar o mal. O pequeno Jesus, nu, sentadinho, traz a mãozinha direita em postura de bênção.

À direita, atrás da Virgem e de seu Menino, dentro do estábulo, encontra-se o carpinteiro José, de pé, com seu cajado, próximo a um boi e a um burro. Delicadas florzinhas cobrem o chão em torno do manto da Virgem, num delicado lirismo. À esquerda, desenrola-se uma paisagem com água, árvores e montes.

Ficha técnica
Ano: c. 1475/80
Técnica: têmpera sobre madeira
Dimensões: 26 x 17 cm
Localização: Pinacoteca de Munique, Alemanha

 Fontes de pesquisa
Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *