Mestres da Pintura – JAN BRUEGEL, O VELHO

Autoria de LuDiasBH

Jan

Jan Bruegel (1568-1625) era o segundo filho do pintor Pieter Bruegel, O Velho. Jan fazia parte de uma família de numerosos artistas, sendo seu pai o primeiro desses, daí o anexo de “o Velho” ao seu nome, em referência ao pai.

Pieter Bruegel, o Jovem, era o irmão mais velho de Jan. Quando o pai morreu, os dois garotos ficaram muito pequenos. Sua avó, Marie Bessemers, era uma talentosa miniaturista. Jan estudou com Pieter Gotkint e com Gillis van Conixloo, em Antuerpia. Também viveu em Nápoles, Roma e Milão. Ao regressar à Antuérpia fez parte da Guilda São Lucas. Foi pintor da corte dos Paíse Baixos na época do arquiduque Albrecht da Áustria. Ganhou fama, sobretudo, pela suas paisagens e natureza-mortas com flores. Foi grande amigo do pintor Pieter Paul Rubens com quem fez inúmeros trabalhos.

Jan, o Velho, recebeu o apelido de “Veludo” ou “Flor”, em razão de sua escolha por alguns temas e pelo uso da pintura luminosa em esmalte, com técnica apurada e pela sua delicadeza de miniaturista.

Em razão da fama de seu pai e de seu trabalho minucioso, Jan Bruegel tornou-se um pintor rico e respeitado, além de transformar-se num especialista em “assessórios”, tendo colaborado com grandes nomes da pintura como Pieter Paul Rubens, Franz Francken, Hans Rottenhammer e Joos de Momper.

Fontes de pesquisas:
Barroco/Taschen
Mil Obras Primas da Pintura Européia/Könemann

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *