MEU CORAÇÃO VOA SOZINHO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH beijaflor12

Andei atrás de ti num território selvagem,
em meio a pítons, a visionários e videntes,
por lugares de gente de palavras confusas,
pelos quatro cantos do Oriente e Ocidente.

Queria selar a paz contigo com um beijo,
sob a luz cálida da lua numa noite quente,
de modo a matar a sede desses teus lábios,
que dos meus há muito se fazem ausentes.

Deixei pra trás a dúvida que me prendia,
pra na tua busca voar como uma avezinha,
e depois me abrigar no calor de teu ninho.

A tentativa de procura foi infrutífera, pois
não te encontrei pelos lugares procurados,
e meu coração continuou voando sozinho.

Nota: imagem copiada de http://ave-amigos.blogspot.com.br/

4 comentários sobre “MEU CORAÇÃO VOA SOZINHO

  1. Alfredo Domingos

    Lu, parabéns pela poesia!
    Afirmo que por mais acompanhados que estejamos, nossos corações voam sozinhos, e como voam! Daí, até, surgem as ideias que podem criar coisas para todos. Nunca estamos sem companhia, há os pensamentos. A sua avezinha voou legal!
    Abraço,
    Alfredo Domingos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Alf

      É verdade!
      Nossos pensamentos são sempre solitários, ainda que compartilhados.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Há tanto coração voando sozinho por aí.
      O poema eu o fiz inspirando-me na situação de uma amiga, que foi atrás do “marido” nos EUA.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *