O GOOGLE E O AMOR

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

beijaflor

Ela já não é mais a mesma.
Seus e-mails são bem raros.
Seus textos bem curtinhos
Suas palavras diminutas.

Tampouco, sou eu o mesmo.
Meus e-mails são constantes.
Meus textos bem mais longos.
Minhas palavras mendicantes.

A internet tornou tudo tão rápido!
As emoções vêm e dissipam a jato,
sem ao menos dizerem “Adeus!”.

São prodígios da louvada evolução.
Deixemos o Google cuidar de tudo,
até mesmo das coisas do coração.

6 comentários sobre “O GOOGLE E O AMOR

  1. Mário Mendonça

    Edward

    “Fatos nos apresentam, diariamente, nos meios de comunicação, que nos afligem, pois vemos que o ser humano está decadente”.
    É a banalização do raciocínio / pensamento e do mal….

    PS.: É mais uma invenção boa que esta sendo usada pelo status quo em seu malefício como a teoria da relatividade que causou enorme depressão em seu inventor….
    Abração e saudades de vossa sabedoria.

    Mário Mendonça

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      É verdade!
      Agora é possível enxergar os dois lados da moeda.
      Não há força que impeça que isso aconteça.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Edward Chaddad

    LuDias
    As coisas do coração podem até, nos dias de hoje, estarem sendo deixadas de lado. Não por culpa da Google, mas, certamente, pela derrocada dos valores humanos que, infelizmente, cada vez mais vemos desfilar em nossa frente.
    Fatos nos apresentam, diariamente, nos meios de comunicação, que nos afligem, pois vemos que o ser humano está decadente.
    A internet deixou tudo mais rápido, porém os sentimentos mais relevantes, entre eles, o amor, o verdadeiro amor, não passa como segundos em nossa vida, mas dura a vida toda, eterniza-se.

    Seus versos fazem-nos pensar e muito. Refletir é importante para avaliar os nossos sentimentos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ed

      Grande verdade!
      Os valores humanos passaram a ser, em dose cada vez maior, o poder e o dinheiro.
      E, com isso, a humanidade vai se tornando cada vez mais pobre.
      Não sei onde iremos parar!

      Abraços,

      Lu

      Responder
  3. Alfredo Domingos

    Lu,
    A Poesia sobre o Google está perfeita em relação à realidade, exceto quanto ao seu final: “Deixemos o Google cuidar de tudo, até mesmo das coisas do coração.”
    Não, não concordo. Devemos tomar para nós os assuntos do amor, no objetivo de ganharmos em emoção; mas se for como auxílio, uma forcinha, vá lá que seja!
    Parabéns!
    Abraço,
    Alfredo Domingos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Alf

      Foi só uma forma de brincar.
      Tudo precisa passa sobre o nosso crivo.
      Não podemos delegar nossas responsabilidades a outrem.
      Mas o Google tem virado Cupido, nos dias de hoje… risos.
      Até que a pessoa quebre a cara.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *