O MONSTRO HUMANO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

monstro

Criatura horrenda
Aberração planetária
Anomalia da raça humana
Dissimulado e canalha
Falsificado até no gênero
Pois não se assume como tal.
Tu vais quebrar a cara
Tu vais cair do galho
Tu vais beijar a lona
Vão te torcer o pau.
Ser doentio, abjeto,
Incorporação maléfica,
Matéria fecal.

Os que te seguem são
Vestais da hipocrisia
Dotados de juízo medroso
Sacerdotes blasfematórios
Crias perversas dos infernos
Seguidores doentios do demo.
Vão também cair do galho
Vão também beijar a lona
Vão também quebrar a cara
E ainda vão te torcer o pau.
Tu não perdes por esperar
Satânico e vil demônio,
Perverso animal.

Ser excomungado,
Vagas louco pela Terra
Arrasando o bem que vês,
Pois prepotência, violência,
Arrogância, intriga e sisudez
Resumem teu escroto nome.
Crias malquerenças e futricas
Para que te saias beneficiado.
Tu tens fome de dinheiro
Tu tens fome de poder
Tu tens  fome de homem.
Duplamente fome, ser
Dos infernos, o arrenegado.

Senhor, tende piedade de nós!
Senhor, ouvi nossos rogos!
Senhor, apiedai-vos de nós!
E urgentemente, ó Pai,
Mandai vossos arcanjos
Enviai vossos querubins
Encaminhai teus serafins
Armados de suas espadas
Para que com elas retalhem
As raízes deste impiedoso ser
E a natureza não sucumba
Em sua mãos infernais.

Dia virá, perverso homem,
Insensível, prepotente e cruel,
Lástima de toda a espécie, asco,
Em que tu te sentirás sozinho.
Remoerás as tuas maldades,
Murmurarás pedindo paz.
Atravessarás muitas dores,
Nunca esperadas por ti,
Dentro de tua estupidez, e
Odiarás a ti próprio, satanás.

Então:
Tu terás quebrado a cara
Tu terás caído do galho
Tu terás beijado a lona
E terão te torcido o pau
Ser doentio, nefasto e abjeto,
E a natureza viverá em paz.

Nota: obra de Goya

3 comentários sobre “O MONSTRO HUMANO

  1. Pedro Rui

    Algo me diz que esta podridão não vai ser por muito tempo, basta olhar para o tempo.
    Tempestades, o mar entrando pela terra adentro, furacões, chuvas de saraiva enorme, o sol com raios ultra violeta.
    Para ver isto basta ir ao YouTube.
    Um abraço Lu
    Rui Sofia

    Responder
  2. Pedro Rui

    Realmente o homem tornou-se maligno, é escravo do dinheiro e por ele mata, destrói,polui. O homem é cego, surdo e mudo… procura o dinheiro, poder e por eles faz tudo, até ora ao deus do dinheiro.
    Até onde ele conseguirá ir?
    Abraços
    Rui Sofia

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Pedro Rui

      O monstro humano está por toda parte, destruindo o planeta, sem nenhuma compaixão pela natureza. Ele só pensa em poder e dinheiro. Derruba árvores, polui o ar, mata animais, faz intrigas e só pensa no próprio umbigo.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *