Rivera – PAISAGEM ZAPATISTA

Autoria de LuDiasBH

paza

É um quadro de um cubismo ambíguo, não ortodoxo. (Raquel Tibol)

A composição Paisagem Zapatista, que num primeiro momento foi chamada de El Guerrillero, é uma obra do pintor mexicano Diego Rivera, tida por muitos críticos como a sua obra-prima cubista. É também uma homenagem ao revolucionário Emiliano Zapata, responsável por comandar a revolução de 1910 no país, assumindo o poder. O artista prestou-lhe, com o seu pincel, inúmeras homenagens.

O artista usa o Cubismo para falar sobre a revolução vitoriosa, liderada por Zapata.  Como é possível observar, Rivera, apesar de usar o estilo cubista, não abre mão de sua forte personalidade artística. Ele mantém a combinação de cores incomum ao estilo, a reprodução figurativa é mais compreensível, mostrando vigorosamente o seu México.

O rifle, a bandoleira (correia usada a tiracolo, à qual se prende a arma), a caixa de munição de madeira, a cartucheira, a manta colorida, também conhecida por poncho, e o chapéu, também chamado de sombrero e usado pelos zapatistas, são referências diretas à revolução mexicana. Também estão presentes as terras localizadas no sul do México, através do verde representando a vegetação,  onde se deu a luta agrária.

O México está representado por um bloco compacto, cuja imagem central flutua no espaço, tendo abaixo um fundo azul, que pode significar os oceanos Pacífico e Atlântico, que o banham. Ao fundo estão as montanhas, ricas em minérios.  As sombras são pintadas de branco.

O chapéu parece fundir-se com uma forma parecida com um olho. À direita, na parte inferior da composição, uma folha de papel em branco, presa por uma tacha, representa uma espécie de denúncia ou manifesto dos milhões de mexicanos que ainda se encontravam analfabetos.

Ficha técnica
Ano: 1915
Técnica: óleo sobre linho
Dimensões: 144 x 123 cm
Localização: Museu Nacional de Arte Moderna, Cidade do México, México

Fontes de pesquisa
Gênios da Pintura/ Abril Cultural
http://www.diegorivera.org/zapatista-landscape.jsp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *