SEM PRECONCEITOS: CADELA E GATINHO
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

chin1234

Não sei quanto tempo levará para que parte da humanidade entenda que há uma grande generosidade nos animais e, com isso, passe a tratá-los com mais carinho e respeito. E  também compreenda que a apregoada bondade humana não é tão grande assim.

Que mãe, com os peitos cheios de leite, tendo deixado o rebento em casa, seria capaz de alimentar um bebê faminto, encontrado na rua? Com certeza ela arrumaria mil e um motivos para não praticar tal ação. Imagine, então, se esse bebê fosse de outra etnia!

A cadelinha acima, fotografada em Zamora, cidade espanhola, em 25/07/2000, permaneceu imóvel para alimentar um filhotinho de gato. Com os úberes cheios, ela não se fez de rogada, ou demonstrou qualquer tipo de preconceito em relação à outra espécie. Canídeo e felídeo dão um belo exemplo à espécie humana. Sem preconceitos!

Fonte: fotografia referente a e-mail recebido.

4 comentários sobre “SEM PRECONCEITOS: CADELA E GATINHO

  1. Pedrorui Rui

    Linda foto! É verdade, eles estão muito acima de nós,e nos mostram exemplos espetaculares sem preconceitos algum. Será que algum dia iremos aprender com eles?
    Abraços

    Rui Pedro

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Para tanto, demandaria milhões de anos.
      Ainda somos muito rudimentares.
      Eles estão bem acima de nós.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *