Ticiano – DÂNAE E CUPIDO

Autoria de LuDiasBH

danaecup

A composição denominada Dânae e Cupido é uma obra do pintor italiano Tiziano Vacellio, conhecido por Ticiano, tendo sido encomendada pela família Farneze.

Dânae encontra-se recostada em seu leito, no alto de uma torre, recebendo a visita de Cupido (Eros), o deus do amor, que observa a chuva de moedas de ouro descendo sobre ela. Com as pernas semiabertas, a princesa recebe a chuva de ouro, que cai sobre seu regaço, fecundando-a. Trata-se do deus Júpiter metamorfoseado, para chegar ali. Ela se encontra nua, apenas com um manto jogado sobre sua coxa direita.

Segundo o mito, a bela Dânae era filha do rei Acrísio, que ambicionava ter um filho, para sucedê-lo. Assim, resolveu consultar o oráculo de Delfos sobre a chegada de um menino. Contudo, a resposta recebida deixou-o profundamente preocupado. Segundo a predição do oráculo, ele seria morto por seu próprio neto, ou seja, pelo filho de Dânae. Temeroso, Acrísio aprisionou a filha numa torre, muito bem vigiada, para que ela não tivesse contato com nenhum humano ou divindade, vindo a gerar um filho.

Zeus (Júpiter) que sempre traíra a esposa Hera (Juno), viu-se apaixonado pela princesa Dânae e, para ter acesso a ela, transmutou-se numa chuva de ouro, que se entranhou por uma rachadura no teto, engravidando-a. Ela viria a dar à luz o herói Perseu, responsável por matar a Medusa. Ao tomar conhecimento do acontecido, o rei ordenou que mãe e filho fossem postos numa arca, bem fechada, e jogados no mar. Quis o destino que a arca fosse encontrada por um pescador, que levou ambos ao rei de seu país, Polidectes, que os recebeu com muita alegria.

Ficha técnica
Ano: 1544-1546
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 120 x 172 cm
Localização: Museu Nazionale di Capodimonte, Nápoles, Itália

Fontes de pesquisa
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
Mitologia/ Thomas Bulfinch
Mitologia/ LM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *