Ticiano – VÊNUS VENDANDO O AMOR

Autoria de LuDiasBH

veveam
A composição denominada Vênus Vendando o Amor é uma das últimas obras mitológicas do pintor italiano Tiziano Vacellio, conhecido por Ticiano.

Na composição estão presentes Vênus, sentada, com uma coroa na cabeça, duas ninfas (ou Graças) e Cupido, em dois momentos. No primeiro, Cupido (Anteros) encontra-se atrás da mãe, que traz o rosto ligeiramente voltado para ele, alertando-a, possivelmente, para os perigos do amor voltado para as emoções relativas ao prazer do amor físico. Ele representa o amor que edifica. O segundo Cupido (Eros), no colo de Vênus, está sendo vendado com uma fita amarelada e simboliza o amor terreno, o amor físico com suas sofridas paixões. A deusa mostra-se mais afeita ao Cupido do amor terreno, trazendo certa malícia na fisionomia.

Duas mulheres do séquito de Vênus, postadas à sua frente, ao verem o Cupido, deus do amor carnal, sem seus atributos do amor, entregam-nos à deusa. A mulher mais alta entrega o arco, e a menor entrega a aljava carregada de setas.

Atualmente, alguns críticos acham que a figura segurando a aljava de flechas é a ninfa Afeto civil, e a segunda, segurando o arco, é Diana, a deusa da caça e da virgindade. Ticiano pode ter utilizado Afeto civil e Diana para simbolizar o amor casto, e o Cupido vendado para simbolizar o amor advindo da paixão cega, desenfreada. Todas as três mulheres mostram tensão na fisionomia, revelando que, qualquer que seja a forma de amor, existe sempre certa inquietude nele.

Ficha técnica
Ano: c. 1565
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 118 x 185 cm
Localização: Galeria Borghese, Roma, Itália

Fonte de pesquisa
https://romangodsandmonsters.wordpress.com/jen-sproul-venus-and-mars/jen-2/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *