TU FOSTE UMA FARSA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH med12

Ah! Eu te aplaudia no palco da vida,
quando apresentavas qualquer papel,
quer fosse de uma personagem civil,
gari, vendedor, advogado ou coronel.

Agora, babaca, tu vestes um só traje.
Não diferes a máscara da realidade,
nem a plateia das pessoas ali na rua.
Converteste-te num só personagem.

Escancaraste o baú dos teus desejos:
tiranos, vis, paradoxais e traiçoeiros,
antes só existentes no teu tolo papel,
mas me livrei do teu sórdido roteiro.

O teu script degenerou-se em tirania.
Sábia, fui me safando de tua história,
até perder, de propósito, hora e local
de mais uma sessão idiota e inglória.

Saí de tua cena, aparvalhado pop star.
Fugi do teu elenco mais que depressa.
Desocupei teu roto e grotesco cenário,
à procura de inédita e excitante peça.

Agora, eu busco alguém bem especial,
a  me acompanhar em outra atuação,
assistir a um filme com um belo final,
dirigido pelo amor, lealdade e emoção.

Adeus, estrela de segunda categoria!
Adeus, presunçoso e ignaro palhaço!
No palco da vida tu eras só uma farsa.
Não mais faço parte de tua bilheteria.

Nota: ilustração copiada de www.reginavogue.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *