UMA MAÇÃ DIÁRIA MANTÉM LONGE O MÉDICO

Autoria do Dr. Telmo Diniz

ppss

Maçã, um superalimento!

Embora não haja uma especificação sobre qual foi o fruto proibido citado em Gênesis, a tradição popular cristã considerou que foi uma maçã que Eva persuadiu Adão a compartilhar com ela. Em latim, a palavra “maçã” e “mal” são iguais, ou seja, malum pode ser “uma maçã” ou “um mal, uma desgraça”. Por essas e outras, a maçã, desde a Grécia antiga, tem o significado de fruto do amor ou do pecado. Crenças à parte, o que nos interessa aqui é o que ela pode fazer por nós do ponto de vista nutricional.

Várias pesquisas têm demonstrado os diversos benefícios no consumo desta fruta. Em 2011, pesquisadores chineses descobriram que os polifenóis da maçã não apenas prolongaram a vida das moscas de frutas, mas ajudaram a preservar a sua capacidade de caminhar, subir e se deslocar. Além disso, os polifenóis da maçã reverteram os níveis de várias substâncias bioquímicas encontradas em moscas mais velhas, que foram utilizadas como referência para deterioração associada ao envelhecimento. Zhen-Yu Chen e seus colegas observam que as substâncias nocivas geradas no corpo, denominadas de radicais livres, causam alterações indesejáveis que se acredita estarem envolvidas no processo de envelhecimento e algumas doenças. As substâncias conhecidas como antioxidantes podem combater esse dano.

Outras pesquisas revelaram que as maçãs podem reduzir o risco de câncer de cólon, câncer de próstata e câncer de pulmão. Em comparação com muitas outras frutas e vegetais, a maçã contém quantidades relativamente baixas de vitamina C, mas é uma fonte rica de outros antioxidantes potentes. O teor de fibra, embora menor que na maioria dos outros frutos, ajuda a regular os movimentos intestinais e pode, assim, reduzir o risco de câncer de cólon. E também pode ajudar com doenças cardíacas na perda de peso. A fibra contida nas maçãs reduz o colesterol, evitando a sua reabsorção do intestino de volta para a circulação. Os fenólicos predominantes nas maçãs são a quercetina, epicatequina e procianidina B2, substâncias com propriedades anticancerígenas.

Benefícios da fruta

  • O suco de maçã tem altas concentrações de um neurotransmissor conhecido por acetilcolina. Quando oferecido a camundongos de laboratório, esses melhoraram a memória, com nítida prevenção do declínio cognitivo que ocorre na memória dos idosos. Outros estudos têm mostrado uma “redução do dano oxidativo”, ou seja, na redução dos radicais livres em ratos após a ingestão do suco de maçã.
  • Porém, caso possa escolher, utilize a fruta como um todo, em lugar do suco, pois os benefícios serão maiores. Não se esqueça de eliminar as sementes, pois elas contêm pequenas quantidades de “amigdalin”, substância venenosa leve, que não causa problemas para o homem, mas pode matar pássaros. Portanto, é bom evitar.
  • O consumo diário da maçã tem benefícios no controle do colesterol, na melhora da performance da memória, no combate às cáries, como alimento anticâncer, como coadjuvante na redução do peso, por criar mais saciedade, etc.
  • É por essas e outras que a citação criada no século XIX, no País de Gales, está mais atual que nunca: “An apple a day keeps the doctor away”, em tradução livre: “Uma maçã por dia mantém o médico longe”.

16 comentários sobre “UMA MAÇÃ DIÁRIA MANTÉM LONGE O MÉDICO

  1. Rui

    Dr Telmo

    A maçã faz parte do meu pequeno almoço, pois quando estou com azia é ela que me tira a mesma. Eu sabia que era uma fruta rica, mas nunca pensei que fosse tanto; eu por norma a como com casca. Com sempre, seus textos são muito ricos.

    Abraços

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rui

      Sem falar que a maçã é deliciosa, principalmente a azedinha. Também como com a casca.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Eu como com casca, quando se trata de maçã nacional, minha predileta, porque possui a casca macia. Eu a deixo por alguns minutos na água com vinagre, conforme ensinou doutor Telmo, num outro texto, em relação aos agrotóxicos.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rosana

      Eu confesso que andava desleixada com a fruta.
      Mas depois das explicações do doutor Telmo, estou seguindo com rigor a sugestão.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Edward Chaddad

    LuDias

    Sintomas como azia, gastrite (inchação do estômago)), queimação com ou sem regurgitamento, estufamento no estômago (abdômen superior) podem indicar várias doenças, entre elas, a existência de pedras na vesícula, ou seja, o bloqueio parcial da vesícula, que leva, no caso, deficientemente, bílis ao intestino para a digestão.

    TÔ craque! Pudera! com as cólicas todas, leitura bastante sobre o tema (bendita internet).

    Abraços

    Responder
  3. Edward Chaddad

    Terezinha

    Cuidado com a possibilidade de pedras na vesícula. Podem ser estes os sintomas. Eu os tenho e vou retirar a vesícula, que está uma pedreira total.

    Abraços

    Responder
  4. Tereza, apelido Tetê

    Quem sofre de azia, gastrite, queimação” no esôfago ou estômago, ficará livre desse sofrimento,
    tomando um suco de maçã com uma batata inglesa crua, batidos no liquidificador e coado. Acrescentando um pouco de limão, é cura, na certa !
    Obrigada, Lu, pelo envio. Já repassei para amigos. Dr. Telmo, Deus o abençoe!

    Responder
  5. Edward Chaddad

    Também sou adepto de frutas.

    Elas fazem parte do meu dia-a-dia. Sempre tenho-as em minha mesa.

    E a maçã é uma das minhas preferidas. Nunca falta.

    Interessante recordar que, quando criança, gostava de adoecer ( gripes, etc), porque minha avó sempre trazia como um fármaco uma cesta de maçãs.

    E aí eu as devorava, esquecendo até da febre.

    Aproveitando a deixa do Beto, há informações de que os refrigerantes, inclusive os Diets, causam grande mal ao ser humano. Dizem que, para um copo de refrigerante, é necessário que tomemos mais de 30 de água para sanar os malefícios dele.

    Será verdade?

    Dr. Telmo, gostei muito do texto e vou caprichar ainda mais nas maçãs.

    Responder
  6. Beto

    Dr. Telmo

    Há dois anos faz parte da minha refeição matinal um maçã e sou testemunha dos benefícios da ingestão diária dessa fruta. Também reduzi a zero, neste período, a ingestão de todo e qualquer tipo de refrigerantes e outra bebidas industrializadas, substituindo-as por sucos naturais. O meu estômago nunca mais me incomodou. Que tal um texto sobre os refrigerantes?

    Parabéns pelo artigo.

    Beto

    Responder
  7. LuDiasBH Autor do post

    Dr. Telmo

    A maçã é mesmo uma fruta especial.
    Depois desta aula, ela volta ao meu cardápio diário, pois andava sumidinha.

    As maçãs brasileiras são bem gostosas, meio azedinhas.
    Todo mundo comendo maçã!

    Abraços,

    Lu

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *