UMA TELA DE MONET

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

monet1

O vento desce rolando sobre a colina.
Pétalas de flores tropicais dançam no ar,
esvoaçando como borboletas matizadas,
enquanto a chuva já se ajeita pra chegar.

As árvores se mantêm seguras ao solo,
seguindo o alucinante barulho do vento.
Volteiam as suas belas cabeleiras verdes,
bem alheias às traquinices do tempo.

Qualquer palavra é nula de significado,
se comparada à naturaleza em encanto.
O poeta, pela beleza embriagado, chora.
O céu fogoso despeja água a cântaros.

A chuva desce, numa alegria contagiante,
caindo sobre a terra, sua desejada amante.
Sementes despencam, voam e estouram,
rolhas de champanhes borbulhantes.

Depois da chuvada vem a branda aragem
espargindo um olor de ervas, perfumado.
Folhagens e ramarias ora límpidas, luzem
como sombrinhas de panos dourados.

Sobre a grama cheia de gotas de cristais,
camadas de flores esparramam-se à vista.
Borboletas dançam umas sobre as outras.
A tela cria forma sob o pincel do artista.

Quanto mais longe… fica a arte delirante:
gotas de tinta amarela e verde espalhadas,
e depois misturadas ao vermelho e violeta.
Matizada é a composição do cair da tarde.

De sua janela, o poeta observa a paisagem,
extático com tudo aquilo que seu olhar vê.
A natureza pintou em seu próprio corpo, a
mais bela de todas as telas de Monet.

2 comentários sobre “UMA TELA DE MONET

  1. Edward Chaddad

    LuDias

    Sempre gostei e admirei pinturas retratando a natureza. E cada um, assim como Monet, tem suas visões diferenciadas, próprias do “eu” interior, onde o artista esconde seus sentimentos e na arte expõe-os com a maior clareza possível.
    Adorei seus versos, que mostram, à saciedade, a beleza desta pintura.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ed

      Também amo pinturas que retratam a natureza.
      Vou trazer três pintores (surpresa) que só trabalharam com a natureza.
      Aguarde!
      Quanto a Monet, é impossível não se quedar diante de suas pinturas.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *