VAIDOSO ZEUS, ADEUS!

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

atchim1

Tu me construíste em tua mente,
e compuseste cada pedaço de mim,
como quem monta um quebra-cabeça.

Escolheste os sonhos que deveria sonhar,
e a existência que querias que eu tivesse,
junto à tua vida ridiculamente vazia.

Encaixaste-me em centenas de rótulos,
sem jamais atentares, em teus caprichos,
que eu me situava muito além de ti.

Pensaste que dirigias meus pensamentos,
sorvias minha razão e ocultos sentimentos,
transformando nós dois em seres afins.

Iludiste-te, pensando em me fazer curvar
à mesmice da existência fútil e estúpida,
que escolheste soberbamente pra ti.

Agora vês que sempre pervaguei à deriva,
como corre o olho dos ciclones travessos,
que nunca se sabe aonde vai chegar.

E viras-me o rosto por tudo que represento,
vaidoso, carregando uma raiva incontida
daquilo que jamais fui ou contigo vivi.

Não me atinge tua cara de poucos amigos,
ou as troças que, às costas, fazes comigo,
se nem mesmo sei onde eu te esqueci.

Sou divina e profana!
Sou deusa e humana!
E tu, meu pobre Zeus,
volta pro teu Olimpo.
Pra sempre… Adeus!

2 comentários sobre “VAIDOSO ZEUS, ADEUS!

    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Sou eu quem agradece por me informar sobre o problema.
      Computadores são mesmo loucos… risos.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *