A MULHER NUA (Aula nº 76 B)
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O gravador, desenhista e pintor francês François Boucher (170–1770), filho de um artista que criava padrões para bordados e ornamentos, iniciou sua vida artística ainda muito jovem, como aprendiz de Fraçois Lemoyne, com quem ficou por um breve tempo, vindo depois a trabalhar para Jean François Cars, um gravador de cobre. Aos 20 anos de idade recebeu o “Grand Prix de Rome”, um incentivo aos novos artistas. Depois de uma viagem à Itália, onde estudou afrescos de Michelangelo e grandes obras da Renascença, foi admitido na Academia Real de Pintura e Escultura como pintor histórico. Ali se tornou professor e depois reitor, assumindo a seguir outros cargos importantes e tendo uma bem sucedida carreira. Boucher é tido como um dos mais importantes artistas do estilo Rococó na França, embora a sua época tenha sido dominada pelo estilo Barroco. Em sua obra estão presentes temas mitológicos, cenas galantes e pastoris. Ele não foi apenas um pintor, também fez figurinos para teatros e foi um grande decorador de palácios. Gostava de retratar a elegância dos ambientes requintados de sua época. Foi o principal pintor da corte francesa do rei Luís XV e o principal desenhador das porcelanas reais. Possuía uma técnica virtuosa e refinada, sendo muito popular na corte. Foi escolhido como o pintor favorito de Madame de Pompadour – famosa amante do rei – celebrizando seus retratos. Hoje estudamos uma de suas famosas obras, intitulada Boucher – MULHER NUA

  1. O pintor francês François Boucher, além de pintor, era também:

    1. gravador e escultor
    2. desenhista e gravador
    3. gravador e arquiteto
    4. escultor e arquiteto

  2. Em sua viagem à Itália ele estudou obras do estilo:

    1. Românico
    2. Gótico
    3. Renascentista x
    4. Barroco

  3. Foi o principal pintor da corte francesa do rei Luís XV e o principal desenhador das porcelanas reais. Foi o favorito de ………….. Madame de Pompadour – famosa amante do rei – celebrizando seus retratos.

    1. Madame Pompadour
    2. Maria de Médici
    3. Ana da Áustria
    4. Maria Tudor

  4. A pintura em estudo, uma das obras mais famosas do artista, é conhecida pelos títulos abaixo, exceto:
    1. Mulher Nua
    2. A Odalisca Loura
    3. Nua num Sofá
    4. Rapariga em Serviço 
  5. Todas as afirmações sobre a pintura estão corretas, exceto:
    1. Tais quadros só podiam ser vendidos à nobreza francesa.
    2. Este tipo de pose era um dos preferidos do pintor.
    3. Quadros como este eram bastante requisitados pelos ricos.
    4. Objetivavam ornamentar os aposentos particulares da nobreza.

  6. Todas as afirmativas sobre o ambiente estão corretas, exceto:

    1. A garota encontra-se num ambiente muito luxuoso.
    2. Ela se encontra em meio a pesadas cortinas de veludo e roupa de cama de seda.
    3. Ela se mostra numa postura provocativa, reclinada sobre uma cama.
    4.  No chão vê-se um braseiro fumegante próximo a uma almofada com fitas.

  7. A delicadeza das cores usadas na pintura e o rosto terno da garota tornam-na aparentemente:

    1. sensual
    2. irreal
    3. exótica
    4. lasciva

  8. Acerca da retratada, não se pode afirmar que:

    1. Apesar de encontrar-se nua, de costas para cima, mostra-se meiga.
    2. A garota parece absorta em seus pensamentos. 
    3. Ela tem por objetivo usar seu apelo sexual.
    4. Mostra seus atributos de garota ingênua, pois ainda é uma adolescente.

  9. A modelo encontra-se em primeiro plano, mas distante do alcance do observador, isto porquê:

    1. A coloração usada pelo artista é artificial, deixando tudo irreal.
    2. O seu rosto mostra que ela é ainda muito jovem.
    3. Ela não olha com lascívia para o observar.
    4. A modelo esconde o rosto mostrando recato.

  10. O artista não recebia apenas elogios. Muitos críticos da época eram ácidos com o ele, enumerando seus vários erros na pintura, exceto:

    1. Seus nus deveriam ser apresentados dentro de um contexto mitológico ou alegórico, remetendo à beleza clássica.
    2. Achavam-no um imoral por representar “crianças-mulheres” em posturas provocantes, sendo muitas delas menores de idade.
    3. Segundo pesquisas, esta pintura foi encomendada quando a garota tinha somente 19 anos, época em que o rei tornou-a sua cortesã. 
    4. Possuía todos os talentos que um pintor pode ter, sendo bem sucedido em tudo, mas ao pintar por dinheiro isso corrompia seu talento.

Gabarito
1.b / 2.c / 3.a / 4.d / 5.a / 6.c / 7.b / 8.c / 9.a / 10.c

4 pensou em “A MULHER NUA (Aula nº 76 B)

  1. Marinalva

    Lu
    Famoso por suas pinturas idílicas, François Boucher, identificado com o estilo Rococó, foi um artista muito respeitado em sua época. A Mulher Nua, uma de suas belas obras, nos mostra sensualidade, erotismo, porém observamos que o artista retratou a jovem em uma pose provocativa, erótica, tranquila, suave e bela. Ele nos mostra como o nu artístico é bonito sem ser vulgar. Usou cores claras, o que valoriza muito o seu trabalho.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marinalva

      Ao usar cores claras, sem muita definição, Boucher consegui transformar seu nu numa figura irreal, apesar da pose provocativa. Trata-se realmente de uma obra muito bonita.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Adevaldo R. de Souza

    Lu
    Bonita obra de François Boucher. Nela vi mais do que apenas nudez, remetendo ao sexo com bastante erotismo, apesar de mostrar os atributos da garota. Sobre o tema, tenho preferência para o nu apresentado nas obras de Ticiano Vecellio (Vênus de Urbino e A Ninfa e o Pastor) e as de Sandro Botticelli (O Nascimento de Vênus e A Primavera).

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adevaldo

      Trata-se de uma obra linda, mas sem a inocência daquelas dos pintores citados por você. À medida que adentramos na Idade Contemporânea, as obras vão ficando cada vez mais realistas.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *