Filme – NOSSO LAR

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

nola   nolaa

O filme Nosso Lar, baseado no livro espírita do mesmo nome, acaba de estrear no cinema nacional, numa superprodução, que custou cerca de R$ 20 milhões, sendo considerado o mais caro longa-metragem do cinema brasileiro. Possui todos os elementos para fazer o mesmo sucesso de Chico Xavier – O Filme, que já abocanhou mais de quatro milhões de espectadores. Até o momento, cerca de 600 mil pessoas já o viram. Nosso Lar é um filme de longa metragem brasileiro, dirigido e roteirizado por Wagner de Assis.

O livro Nosso Lar, segundo a doutrina espírita, foi psicografado (psicografar é o ato de redigir o que foi ditado por espíritos) pelo médium Chico Xavier, em 1944. Já vendeu mais de 2 milhões de exemplares. Faz parte da coleção A Vida no Mundo Espiritual, atribuída ao espírito de André Luiz.

Segundo reportagem da revista Época, o maior desafio foi a construção da cidade cenográfica celestial Nosso Lar, baseada nas descrições do livro de Chico Xavier, que exigiu seis meses de intenso trabalho por parte dos arquitetos, para sua projeção. Algumas de suas linhas foram inspiradas em Oscar Niemeyer e Santiago Calatrava, resultando numa obra futurista muito bonita. Há, também, referências aos anos 40, período em que o livro foi escrito.

A criação da cidade cenográfica também foi inspirada nos desenhos minuciosos da médium Heigorina Cunha, criados a partir de suas observações realizadas após suas supostas saídas do corpo, 1979, conduzidas e orientadas pelo espírito de Lucius. Os detalhes arquitetônicos da cidade são de grande riqueza. A planta baixa, desenhada por ela, tem a forma estelar e é cercada por um muro de proteção magnética. Cada ponta da estrela possui um ministério e no centro localiza-se a Governadoria, ponto de encontro dos seis ministérios, local onde são tratados os assuntos administrativos e serviços prestados na cidade. Chico Xavier confirmou que se tratava realmente da cidade Nosso Lar.

Os efeitos especiais do filme são muito bem feitos. As cenas foram rodadas em locações no Rio de Janeiro e Brasília, sendo complementadas por computador Intelligent Creatures de uma empresa canadense.

O filme conta os primeiros anos da vida pós-morte do médico André Luiz. Depois de passar pelo Umbral (espécie de purgatório), vai viver numa “colônia espiritual”, onde os espíritos se encontram, para aprender e trabalhar nos períodos entre as encarnações. Ali, ele recebe informações sobre a vida no lugar: as leis a serem observadas, a importância do trabalho a ser feito e os possíveis contatos com familiares vivos. Aprende sobre a importância do trabalho e sobre a Lei de Causa e Efeito a que, segundo o espiritismo, todos os espíritos estão submetidos.

Também conhecida como Lei da Casualidade, A Lei de Causa e Efeito é um dos princípios fundamentais da doutrina espírita, que explica os porquês das incertezas e percalços da vida humana. Segundo ela, a todo ato da vida moral do homem corresponde uma reação semelhante dirigida a ele, ou seja, tudo que recebemos é resultante de nossas ações. De modo que o ser humano encontra a chance de crescer com as vicissitudes da vida, se souber aceitá-las e delas tirar proveito, pois tudo que nos acontece tem uma razão de ser. Nada nos é injustamente atribuído.

Não é a primeira vez que o livro mais vendido da doutrina espírita chega ao público de todos os credos. A novelista Ivani Ribeiro baseou-se no livro Nosso Lar, para escrever a novela A Viagem, em 1975, que já foi produzida em duas versões, com muito sucesso.

O filme Bezerra de Meneses – O Diário de um Espírito, 2008, foi o pioneiro. Depois vieram Chico Xavier – O Filme e Nosso Lar. Outras produções ainda chegarão às telas neste semestre: As Mães de Chico e o documentário As Cartas. O cinema espírita é o novo filão do cinema nacional. De acordo com o antropólogo Everado Rocha (PUC-Rio), além da curiosidade natural sobre a vida depois da morte, o imaginário brasileiro é bem propício a esse tipo de filme.

O que o leitor pensa a respeito da reencarnação? Deixe aqui os seus comentários, de modo a enriquecerem este texto.

Fonte de pesquisa:
Revista Época/ 30 de agosto de 2010
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nosso_Lar

2 comentários em “Filme – NOSSO LAR

  1. Norma Nazaré G. de Souza

    Lu

    Desde bem jovem sempre acreditei na vida pós morte, sempre achei, ainda que com pouco conhecimento, que eu vinha de outra encarnação, sempre tive indícios dessa realidade. Mas somente após a partida de meus pais e recentemente de meu marido, decidi me voltar para o estudo da doutrina espírita como ciência.

    Ainda estou bem no início, mas tenho caminhado. Esse novo caminhar inicia,quando imersa ainda em grande tristeza e sofrimento pela ausência de Antônio há apenas 4 meses. O que de fato me leva a buscar essa resignação é a tentativa de entender nossa estada aqui na Terra.

    Logo nos sete primeiros dias de partida de Antônio, eu sonhei por dias vezes seguidos com ele. E era nítida a sensação no sonho de que ele vinha se despedir de mim, considerando que ele partiu acometido por um infarto fulminante e estava deitado ao meu lado conversando, assistindo a um jogo de futebol na televisão. Ele roncou profundamente e seus olhos cerraram.

    Nas duas vezes em que ele veio em sonho a mim, nos 7 primeiros dias após sua morte, ele veio sempre mudo, mas me abraçava muito, muito apertadamente em seu peito e depois ia sempre de costas, sem olhar para trás. Eu o chamava, perguntando para onde ele estava indo e ele apenas seguia andando devagar, até sumir no espaço e eu então acordava.

    Quando completaram 3 meses de sua partida, acordei um dia, e ao levar as mãos nos meus cabelos pra pentear com os dedos antes de me levantar, deparei-me com um tufo de cabelo emaranhado, exatamente do jeito que amanhecia quando ele, que tinha por hábito me adormecer, fazendo cafuné na minha cabeça. Fiquei intrigada e tive uma clara evidência de que ele tinha estado em minha cabeceira naquele dia.

    A partir daí retorno meus pensamentos sobre a vida pós morte e decidi iniciar os estudos da doutrina Espírita. Estou lendo a Obra: Livro dos Espíritos, mas, por indicação de minha nora, que mora no RJ, estou assistindo ao Filme “Nosso Lar”, e vou iniciar a leitura também das Obras do Medium André Luiz. E no futuro espero ter o merecimento de receber mensagem psicografada do Antônio.
    Obrigada!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Norma

      Que depoimento comovente! Suas palavras transbordam o mais puro amor pelo Antônio e vê-se que a recíproca era verdadeira, quando ele vivia ao seu lado como pessoa física, a exemplo do cafuné. Nem mesmo a morte é capaz de quebrar um elo de amor tão intenso, tão visível e tão fortemente expresso.

      Amiguinha, você faz muito bem ao debruçar-se sobre aquilo em que acredita e buscar respostas. Respostas essas que além de dar-lhe sabedoria, também preencherão a sua vida, tornando-a mais leve, indicando-lhe caminhos a seguir sem que o sofrimento seja seu guia. Essa sua aceitação de que a morte é o destino de todo ser vivo e que é preciso compreendê-la é o passo primordial para continuar avante, pois assim é e assim deve ser. O Antônio deve estar orgulhoso de ter se unido a uma mulher como você, minha doce e terna Norma. E é claro que continua consigo. Vivem conosco todos aqueles que carregamos em nosso coração, ainda que em dimensões diferentes. Não existem freios, limites ou regras para o amor verdadeiro, pois nada é para ele uma barreira.

      A doutrina espírita é muito profunda e bela. “O Evangelho segundo o Espiritismo” é de uma beleza ímpar. Também conheço um pouco sobre o “Livro dos Espíritos”. A minha cunhada é espírita. Penso que o estudo de tal doutrina irá lhe fazer muito bem, trazer-lhe muito conhecimento e respostas.

      Gostei muito de você, doce e terna Norma Nazaré. Sentirei muito honrada se continuar a visitar este espaço, aqui deixando seus comentários. Agradeço muito pelo fato de ter compartilhado esse momento tão íntimo conosco. Seu relato será importante para muitas pessoas que sofrem perdas e não sabem o que fazer, que caminho tomar. Ler o que pensam mulheres corajosas e sábias como você é tudo o que elas precisam.

      Beijo no coração,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *