O MUNDO DA ARTE (Aula nº 1)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O mundo da arte é incomum e fascinante. Podemos viajar através dele por todas as épocas da história da humanidade — desde o alvorecer dos povos pré-históricos até os nossos dias —, pois ele está em permanente movimento. Para que possamos melhor entendê-lo, os estudiosos do assunto dividiram-no em períodos e estilos, pois, assim, será possível compreendermos como cada obra está correlacionada ao que aconteceu antes, porque há sempre uma diferença, por menor que seja, entre os artistas de um tempo e aqueles que vieram antes ou depois deles, pois a maneira como um estilo de arte origina-se, tem a ver com os fatos históricos de seu tempo.

Na Antiguidade a palavra “arte” estava ligada à habilidade e à perícia que certas pessoas possuíam para criar um objeto ou exercer certa atividade (pedreiro, carpinteiro, barbeiro, ourives, pintor, poeta, etc.), mas no século XV, durante o Renascimento italiano (assunto que ainda iremos aprender), a arte voltada para a produção de coisas necessárias passou a ser chamada de “ofício” e a palavra “arte”, durante muitos séculos, passou a indicar apenas as chamadas belas-artes, cuja finalidade era meramente estética. A pintura, a escultura e a arquitetura eram as formas de arte que mais se destacavam no campo das artes visuais e figurativas.

É sempre importante contextualizarmos um estilo de arte, uma obra e seu criador, ou seja, verificarmos a época em que  surgiram. Ao analisarmos o contexto histórico, obtemos uma melhor compreensão dos propósitos do artista no que diz respeito à sua criação, ou seja, o porquê de ele a ter criado assim e não de outro jeito. Será também possível percebermos que as mudanças ocorridas na arte ao longo dos tempos possuem pontos positivos, mas sem nos esquecermos de que cada avanço numa direção supõe também uma perda em outra, o que é natural, sendo por isso que vemos a retomada de certas características de um estilo em outro.

A arte não deve ser algo que se coloca além de nossas possibilidades, dizendo respeito apenas a um pequeno número de privilegiados. Ela é feita por homens e mulheres das mais diferentes classes sociais e origens e, portanto, deve ser direcionada a toda a humanidade. Ao nela nos inserirmos, estaremos conhecendo e descobrindo coisas novas. Ao aguçarmos a nossa observação, estaremos ampliando os nossos horizontes, criando uma comunhão entre a obra do artista e nós que a observamos. O conhecimento artístico também muda a nossa própria vida, ensina-nos a olhar o mundo de uma forma diferente, a ser menos arrogante e mais humilde diante da vida.

Sabe-se que nos países menos desenvolvidos — como o Brasil — a arte fica restrita a uma pequena elite, bem distante das massas. Por sua vez, os livros relativos ao tema possuem preços exorbitantes, sendo que a maioria deles carrega uma linguagem técnica inacessível às pessoas comuns, assim como são caros os outros meios responsáveis por difundirem a arte (cinema, museus, exposições, etc.). Isto, porém, não pode ser uma justificativa para vivermos alienados, como se não fôssemos uma peça desta engrenagem chamada vida. Daí o meu convite a todos os interessados para participarem deste nosso curso. Chamem mais pessoas. Vamos dividir conhecimento!

É por conhecer os entraves que impedem que indivíduos com menor poder aquisitivo (a imensa maioria da população mundial) adentrem neste mundo arrebatante e quase sobrenatural da arte é que me propus repartir com vocês um pouco das informações que possuo sobre o assunto, usando uma linguagem bem simples, desprovida de tecnicismos, até mesmo porque sou apenas uma mera pesquisadora, apaixonada pelo mundo encantado da arte. Seria arrogância minha querer impressionar os meus leitores, quando o meu único objetivo é informá-los, ou seja, dividir com eles o que venho aprendendo através de minhas pesquisas.

Segundo o Prof. E. H. Gombrich em um dos livros mais famosos e populares publicados sobre arte — A História da Arte — e no qual me basearei para fazer os artigos inerentes às nossas aulas, “Nada existe realmente que se possa dar o nome de arte. Existem somente artistas”, ou seja, a arte pode significar coisas diferentes em tempos e lugares distintos. O que pode parecer artístico para uns, pode não representar absolutamente nada para outros, isto porque existe uma infinidade de fatores que influenciam o nosso deleite ou desagrado diante de algo, o que veremos no desenrolar de nossas aulas.

Sejam todos bem-vindos à nossa primeira aula!

Atenção: Não deixem de criar uma pasta em seu celular, notebook ou mesmo uma pastinha física para guardar suas aulas. Para fixar o assunto, serão deixadas três questões ao final de cada texto, apenas para o aluno avaliar seu entendimento. Não são para me enviar.  Caso haja dúvidas, deixem a sua pergunta em “comentários”.

Exercício
Para o enriquecimento deste texto/aula os participantes deverão responde às questões abaixo:

1. Por que você acha importante o estudo da “História da Arte”?
2. O que significa “contextualizar uma obra de arte”?
2. A que se referia a palavra “arte” na Antiguidade?

Ilustração: Interior com Mulher Descascando Maças, 1663/ obra de Pieter Hooch.

Fonte de pesquisa
A História da Arte / Prof. E. H. Gombrich

26 comentários em “O MUNDO DA ARTE (Aula nº 1)

  1. Marinalva Dias

    Lu

    Nunca tive a oportunidade de aprender sobre arte. É uma honra adquirir com você conhecimentos tão relevantes. Maravilhoso! Está acendendo uma luz na escuridão. Parabéns pela brilhante ideia.

    Abraços

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marinalva

      Estou muito feliz com a sua presença no nosso curso. Tenho a certeza de que irá aprender muito sobre arte.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Aparecida Parlato

      É um prazer receber sua visita e comentário. Alegria maior ainda é saber que fará parte de nosso Curso de Arte. Seja bem-vinda!

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Moacyr Autor do post

    Lu

    Gostei muito deste primeiro texto.
    Sei que vou tirar todas as minhas dúvidas sobre “arte” e destrinchar os estilos, coisa que nunca consegui entender. Parabéns pela iniciativa!

    Moá

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Moá

      Você irá conseguir entender o emaranhado de estilos e muito mais. Agradeço muitíssimo o seu apoio e presença.

      Beijos,

      Lu

      Responder
  3. Júlia Gomes

    Lu

    Ótima iniciativa, gostei bastante da primeira aula. É importante que possamos estar sempre compartilhando conhecimento.

    Gratidão pela oportunidade.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Júlia

      Estou muito contente com a sua participação, pois você é uma garota muito especial. Parabéns pelo trabalho social que desenvolve.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  4. Marcos Cruz

    Muito importante essa iniciativa. Parabéns! Acessibilidade à arte e cultura é a chave da libertação mental do povo.

    Gostaria de saber sua opinião a respeito da arte nos dias atuais. Como mencionou no texto, a arte foi bastante marcada e definida pelo período em que ela foi criada, é possível até mesmo especularmos o período da criação de acordo com o estilo. Atualmente, com a fácil circulação de pessoas e informação pelo mundo, principalmente com a internet, como definir o estilo?

    Que momento da arte estamos vivendo?

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marcos Cruz

      Pelo que posso perceber através de suas perguntas, seu conhecimento de arte está bem acima do de muitos dos nossos alunos. Não vou lhe responder agora para não confundi-los, mas tenha a certeza de que isso irá acontecendo no decorrer das aulas. Todas as suas perguntas serão respondidas.

      Apenas quero dizer-lhe que o século XX foi profícuo em estilos, e agora no século XXI temos muitos acontecendo, mas o de maior destaque é o que diz respeito à arte figurativa, não como a vimos antes em outros estilos.

      Será um grande prazer contar com a sua presença.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  5. Hernando Martins

    Lu

    É muito importante para todos nós conhecermos um pouco sobre a História da Arte, o que nos ajuda a entender como era a vida das pessoas em determinado momento da história da civilização da humanidade.

    Sabemos que a humanidade sempre viveu e vive através de referências para se espelhar e os símbolos têm um papel crucial na vida de todos.
    Tudo precisa de uma representação simbólica, quer seja na política, na economia, no social e principalmente nas religiões, onde cada cultura tem seu representante. Assim, a arte é uma forma simbólica de caracterizar como pensava e vivia um povo em determinada época da história humana.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Hernando

      Você referenda com muita propriedade a importância de estudarmos a História da Arte. Estou feliz por contar com a sua participação.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  6. Mário Mendonça

    Prezada Lu Dias

    Parabéns pela iniciativa de nos auxiliar com a História da Arte, porém, nessa época que vivemos de Mídias Sociais, já pensou em fazer isso no YouTube? Que tal?

    Abração

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Cogitei, sim, mas conversando com amigos cheguei à conclusão de que dar o curso através do blogue seria bem mais produtivo em vários sentidos e também me livrava da obrigação de fazer gravações, o que toma um tempo considerável do youtuber, além das detestáveis propagandas, o que nunca aceitei no blogue, mesmo me pagando por elas. Além do blogue, ainda estou preparando três livros e faço revisão para autores. Por enquanto meu tempo é escasso.

      Amiguinho, meu companheiro das primeiras horas, a sua presença será muito honrosa para mim no curso. Certo?

      Abraços,

      Lu

      Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Mário

          Será um grande prazer contar com a sua presença querida.

          Abraços,

          Lu

  7. Adevaldo Rodrigues

    Lu
    Parabéns pela iniciativa. Estou dentro. Tenho curiosidade de conhecer a “história da humanidade” com suas transformações políticas e sociais interligada com as mudanças de estilos da “arte”.

    Abraço,

    Devas

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Devas

      Que maravilha contar com a sua presença. É exatamente isso que iremos aprender. Verá como a arte é resultante, também, das transformações políticas e sociais. Cada estilo novo que aparece é, de certa forma, uma reação ao anterior e aos acontecimentos históricos. Quanto mais estudo sobre a arte, mais me encanto e compreendo melhor o mundo.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  8. Messias Costa

    Lu

    Excelente iniciativa! Buscar o conhecimento da arte significa ir em busca do conhecimento de si mesmo, abrindo janelas para emoções latentes ou adormecidas! Fico me questionando, quando em uma exposição de arte moderna em um dado Parque Zoobotânico, colocaram um imenso barco pendurado em um dos galhos de uma gigantesca sumaumeira. Quando questionei e disse ao autor: estão desrespeitando o verdadeiro monumento: a árvore! Vou tentar rever esta minha crítica no decorrer deste curso.

    Valeu!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Messias

      Quero primeiro agradecer a sua participação. Como escreveu “Buscar o conhecimento da arte significa ir em busca do conhecimento de si mesmo, abrindo janelas para emoções latentes ou adormecidas!”. E eu acrescentaria: é conhecer também um pouco da história da humanidade. Quanto à obra de que fala, vou deixar que descubra sua importância através de nosso curso. Já estou curiosa para que isso aconteça.

      Abraços,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rosa

      Será um grande prazer contar com a sua presença. Você é muito especial. Sei que irá gostar e acessar todas as aulas.

      Beijos,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *