Giovanni di Paolo – NATIVIDADE

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O painel denominado Natividade é obra do pintor italiano Giovanni di Paolo (c.1403 – 1482) que viveu no início do Renascimento. Seu estilo era próprio da refinada Escola de Siena do século XV, sendo um dos mais importantes pintores dessa época. Era um narrador exótico de acontecimentos. Privilegiava não apenas o evento, mas o tempo, as pessoas e as coisas, descritos de uma maneira contrária à razão. Sua arte, muitas vezes fantasiosa, sem nenhuma preocupação com a perspectiva, tornava seus quadros meio expressionistas. Foi esquecido após sua morte, mas seu nome renasceu no século XX.

Na obra em questão, o artista criou uma penumbra e permitiu que todos os elementos da composição ali flutuassem. Ao ar livre, na parte central do painel, estão presentes os principais personagens. A Virgem Maria, ajoelhada diante de seu Menino e coberta por um manto azul, traz a cabeça ornada por um grande halo dourado.  O pequeno Jesus, deitado nu sobre um círculo dourado que parece suspenso pelo capim iluminado, divide a composição ao meio. À direita, José, esposo de Maria, dorme encostado a um arbusto. Seu manto e halo dourados contrastam com o cor-de-rosa de sua túnica que se assemelha à cor das rosas espalhadas pela painel, à direita e à esquerda. Sua mão direita retém o cajado que se prende ao tronco. Não há comunicação entre as figuras que se mostram isoladas.

Em segundo plano, dentro de uma gruta, um burro come numa manjedoura, tendo à frente um boi avermelhado, deitado na relva. Montes de rosas ultrapassam a edificação e parecem despencar sobre o frágil telhado, à esquerda, debaixo do qual se encontram duas mulheres sentadas. Na parte superior da composição, à direita, dois pastores recebem a visita de um anjo, envolto num círculo de luz, que lhes avisa sobre o nascimento de Jesus. Um cão branco acompanha o olhar dos pastores, levantando a cabeça em direção ao anjo. Montes escuros e um céu azul complementam a cena.

Ficha técnica
Ano: c.1436/40
Técnica: painel
Dimensões: 40,5 x 33 cm
Localização: Museus do Vaticano, Roma, Itália

Fontes de pesquisa:
Enciclopédia dos Museus/ Mirador

2 pensou em “Giovanni di Paolo – NATIVIDADE

  1. Maura

    Agora temos que aguentar o estupro da cena da natividade por personagens representantes de diversidades inúmeras. Parabéns por divulgar quadros clássicos. Precisamos de tradição para fincar os nossos pés. Depois cada um alça o voo (maldita nova ortografia) que quiser.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Maura

      As cenas da Natividade são belíssimas. Achei esta do Giovanni di Paolo um primor, também. Nesta semana irei postar apenas quadros religiosos.

      Estava com saudades de você, menina. Não suma tanto assim!

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *