Philippe Champaigne – A ANUNCIAÇÃO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH
ed1

“Sou a serva do Senhor. Faça-se segundo a Sua vontade”.

Nesta belíssima obra do pintor Philippe Champaigne, conhecida como A Anunciação, o arcanjo Gabriel visita Maria para levar-lhe a mensagem de que ela fora escolhida para ser a mãe do Filho de Deus, que receberia o nome de Jesus e teria a missão de salvar a humanidade.

A Virgem encontra-se rezando, ajoelhada em seu genuflexório, quando às suas costas surge o anjo mensageiro. Ela deixa sua leitura e se vira surpresa com a visão repentina. Seus gestos e a postura de seu corpo reafirmam a sua surpresa.

O anjo mensageiro não se encontra no chão, mas paira no ar. Traz na mão esquerda um ramo de lírios, simbolizando a pureza da Virgem Maria, e com a esquerda saúda-a. Um grupo de pequenos anjos, esvoaçando sobre a Virgem, observa a cena.

A pomba branca, simbolizando o Espírito Santo, paira acima do anjo Gabriel e envia um facho de luz sobre a Virgem. Ao chão, encontra-se um pequeno cesto com roupas brancas, simbolizando que Maria é uma mulher comum. Através da porta uma paisagem descortina-se.

Dados técnicos
Ano: c. 1644
Técnica: óleo em madeira
Dimensões: 71 x 73 cm
Localização: Metropolitan Museum, Nova York, EUA

2 comentários sobre “Philippe Champaigne – A ANUNCIAÇÃO

  1. LuDiasBH Autor do post

    Ed

    Após a Anunciação estarei entrando com uma série de quadros sobre a NATIVIDADE.
    Acho fascinantes.

    Abraços,

    Lu

    Responder
  2. Edward Chaddad

    LuDias

    Este quadro, A Anunciação, tinha-o visto lá pelas bandas de minha adolescência, em livros da Igreja.
    É uma mensagem muito bonita, pois mostra com relevância a grandiosidade da maternidade. Deus veio ao mundo, através dela, como ser humano, embora divino.

    Parabéns pela matéria!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *