SOBRE HOMENS E MULHERES

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH map1

A mulher possui uma percepção bem mais aguçada do que o homem, sendo mais atenta aos pequenos detalhes. Ela tem mais facilidade em ler os sinais da linguagem corporal e compará-los com os sinais verbais, identificando as contradições que, por acaso, possam estar ocorrendo. É a tão conhecida percepção feminina.

O homem, por sua vez, possui uma visão mais globalizada das coisas, é mais sistêmico. Nasce daí a dificuldade que o sexo viril possui para enganar a companheira. Uma manchinha de batom, que passaria despercebida aos olhos dele, aparece como uma mancha de óleo no litoral, para ela.

Estudos científicos comprovam que, em relação à capacidade de comunicação, a maioria das mulheres é bem superior ao homem. Elas chegam a usar entre 14 e 16 áreas cerebrais, enquanto eles ficam na bagatela de 4 a 6. Mas isto é uma humilhação das grandes. Coitadinho do macho, ele parece tão incompleto!

A mulher média tem a possibilidade de trabalhar com três assuntos não correlacionados, e usa cinco tons vocais diferentes, para passar para outro assunto e ressaltar aspectos de uma questão. Percebem os sinais por meio do subconsciente. É o que fazem a quiromante e seus congêneres, deixando muitas pessoas boquiabertas quando, na verdade, trata-se de um processo de observação aguda do comportamento corporal do cliente, adicionado ao entendimento da natureza humana e ao conhecimento de probabilidades estatísticas. É a chamada “leitura a frio”.

As pesquisas também apontam que a maioria das pessoas tidas como “paranormais”, pertencem ao sexo feminino, portanto, muito cuidado com sua mulher, senhor marmanjo, pois não conhece a capacidade da máquina cerebral que possui dentro de sua casa. Largue dessa mania de subestimar o poder da fêmea que está ao seu lado.

Deixando de lado a separação entre machos e fêmeas, vamos ao comum a ambos os sexos.Você saberia dizer, ao cruzar os braços sobre o peito, se foi o direito colocado sobre o esquerdo, ou vice-versa? Possivelmente estará entre os 70% daqueles que cruzam o braço esquerdo sobre o direito. Pesquisadores do comportamento humano descobriram que alguns sinais não verbais podem ser inatos, aprendidos, transferidos geneticamente ou apreendidos por algum outro meio.

O mais interessante é que são os mesmos, os sinais básicos da linguagem corporal, em culturas totalmente diferentes. A maioria dos homens, no planeta, enfia, primeiramente, o braço direito no paletó, ao vesti-lo, enquanto as mulheres, na sua maioria, usam o esquerdo. Os primeiros usam o hemisfério esquerdo do cérebro e elas, o direito.

Sinais comuns em todo o mundo:

1 – o sorriso, para indicar felicidade;
2 – sobrancelhas franzidas, para indicar tristeza, preocupação ou raiva;
3 – mover a cabeça para baixo, para indicar consentimento;
4 – balançar a cabeça de um lado para o outro, para indicar negação,etc.

Não podemos nos esquecer de que alguns gestos possuem significados diferentes, de acordo com a cultura desta ou daquela civilização. E são muitas as gafes acontecidas mundo afora, em razão de se colocar os gestuais de cada povo no mesmo caldeirão. Por isto, é muito bom que passemos a observar as culturas, dentro de suas diversidades.

Fontes de pesquisa:
1 – Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal/ Allan e Barbara Pease
2 – O corpo Fala/ Pierre Weil e Roland Topankow

4 comentários sobre “SOBRE HOMENS E MULHERES

  1. Manoel

    Lu
    As diferenças entre homens e mulheres são muitas, mas o importante é que elas se complementam. Gostei do artigo.

    Beijos

    Nel

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Nel

      Não resta a menor dúvida de que este planeta não existiria sem a presença dos dois gêneros.
      Logo, resta-nos viver juntos da melhor forma possível.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *