Quem Somos

BUQUET DE FLORES

Meus amigos leitores

É com muita alegria que lhes apresento o VÍRUS DA ARTE & CIA. que ora acaba de vir ao mundo. Ele nasceu da minha vontade de criar um blog totalmente voltado para a arte e a cultura de modo geral, onde o leitor pudesse encontrar uma maior variedade de temas.

Aqui temos causos, poesias, crônicas, assuntos sobre TV, cinema, música, fotografia, livros, provérbios, grafite, fábulas, lendas e mitos, caricatura, ukyo-e, histórias da vida privada da humanidade, assuntos sobre saúde, excentricidades sobre várias partes do mundo, humor, literatura de cordel e, sobretudo, textos bem explicativos, numa linguagem simples, sobre a arte da pintura, desde o seu limiar até os dias de hoje. Temos também um cantinho especial dedicado à nossa Amazônia, com seus encantos e suas necessidades. Para abraçar tamanha diversidade de temas, conto com a ajuda de alguns colaboradores.

O blog VÍRUS DA ARTE & CIA. funciona com várias estantes virtuais (34 categorias), encontradas logo abaixo do banner, onde o leitor pode procura pelo tema de seu interesse. Após clicar na estante, várias páginas vão se abrindo, até que ele encontre aquilo que almeja. Caso tenha o título desejado, poderá ir diretamente na busca por “pesquisa” ou no ÍNDICE GERAL. Todos poderão deixar os seus comentários nos artigos, que serão prontamente respondidos. Lembro também que temos um tradutor de idiomas na primeira página.

É comum muitos blogueiros apresentarem-se, dizendo quem são e os diplomas que carregam. Eu lhes digo que sou apenas uma pessoa comum, que gosta de escrever e dividir aquilo que aprende com outras. Penso que a melhor maneira de conhecer alguém é através da interação, ainda que virtual. O mesmo digo acerca dos colaboradores deste espaço.

O que mais desejamos é que o VÍRUS DA ARTE & CIA. seja um cantinho prazeroso para todos vocês, onde possam se sentir à vontade, com muitas trocas de ideias e enriquecimento mútuo. Sintam-se em casa, ainda que não lhes possamos servir um cafezinho coado na hora, acompanhado de uma saborosa broa de milho e um pãozinho de queijo, uai.

Amigos leitores deste nosso adorável planeta virtual, segundo a Sibila de Cumas, aquele, que dormir, sem ter visitado o VÍRUS DA ARTE & CIA., terá pesadelos horripilantes. Portanto, para obterem um sono revigorante, venham diariamente nos visitar. Esperamos por vocês!

Quem sou

Eu nasci pedra,
hematita ou magnetita,
engendrada da terra bruta,
sem carregar dengo no cerne.
Minha linguagem, áspera e crua,
era amálgama do oxigênio coo ferro.

 Mas no processo de ferro-gusa,
na incandescência de sua ebulição,
desincorporou-se a escória do minério,
combustaram-se os medos e os grilhões.
Virou fagulha a letargia da pedra bruta e
no burilar perene da vida foi-se a omissão.

Eu agora sou de aço,
liga capital de ferro e carbono,
pois o corpo tenaz, que me sustenta,
não mais se verga sob as pressões da vida.
Sou dúctil, resistente e corajosa na lida diária,
mesmo se me dobram as vicissitudes da batalha.

 E assim vou velejando,
levada pelas ondas da vida.
Se pedra, aço, ferro ou artista,
quero só, na minha curta faina,
moldar, soldar, esmerilar, reciclar
e me insculpir por inteira na escrita.