Heitor dos Prazeres – CARROÇA DE CANA

Autoria de LuDiasBH

Heitor 789

A composição Carroça de Cana é uma obra do compositor, cantor, sambista e pintor brasileiro Heitor dos Prazeres. O artista optou pela arte naïf, também conhecida como arte primitiva ou ingênua. Esta é mais uma das telas do artista que retratam o universo rural dos negros.

O quadro apresenta seis figuras humanas: três mulheres, dois homens e um garoto, todos negros.  Num terreiro de terra avermelhada e de formato circular, algumas ações acontecem. À nossa direita, junto a uma casinha amarela coberta por capim-sapé, com a porta de madeira entreaberta, uma mulher de vestido azul com babados na saia, mangas e gola, e um lenço nos cabelos trançados, retira água de uma cisterna.  Ela acaba de tirar um balde cheio de água, que descansa sobre a beirada de proteção do poço, enquanto uma lata transbordante com o mesmo líquido encontra-se no chão para ser carregada. De pé, mais próxima à porta, outra mulher, cujas vestes são similares à da primeira, excetuando a cor vermelha do vestido, traz uma lata na mão, esperando a sua vez.

Uma corda, sustentada por finos troncos, corta o chão circular ao meio, servindo de varal para a secagem de roupas. Uma mulher vestida de azul, com um lenço da mesma cor nos cabelos, estende roupas no varal: saias, vestidos, camisas e calças. Traz nas mãos uma peça de cor branca, a última a ser dependurada. Ela olha para a direita, como se algo houvesse chamado a sua atenção.

Um negro de paletó b