Lichtenstein – BALDE ACIONADO COM PÉ
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O pintor estadunidense Roy Lichtenstein (1923–1997) nasceu numa família de classe média alta. Seu contato informal com a pintura teve início em sua adolescência, em casa, época em que também passou a demonstrar interesse pelo jazz, como mostram os muitos retratos de músicos tocando seus instrumentos, pintados por ele. Seu contato formal com arte deu-se quando tinha 16 anos de idade, ao frequentar as aulas da Liga dos Estudantes de Arte, sob a direção de Reginald Marsh. Seu objetivo era ser um artista. Foi depois para a School of Fine Arts da Ohio State University – uma das poucas instituições do país que possibilitavam a licenciatura em Belas-artes. Ali recebeu influência de seu mestre Hoyt L. Sherman, dando início aos trabalhos expressionistas.

A composição intitulada Balde Acionado com Pé é uma obra divertida do artista que possivelmente a retirou de algum folheto de instruções referente ao produto. É composta por dois painéis, sendo que a figura humana não é o elemento principal, mas a lixeira.

O primeiro painel mostra uma perna feminina, colocando em evidência um pedaço de saia em xadrez vermelho que penetra na imagem pelo lado esquerdo e em diagonal.  O pé calçando um sapato de salto alto e bico redondo, enfeitado com um laço, está prestes a pressionar o pedal do balde florido.

O segundo painel mostra o balde sendo pressionado  (pelo menos é esta a sensação repassada ao observador) pelo pé, pois mostra a tampa do recipiente levantada, como acontece quando o pedal é pressionado. É realmente impressionante como algo tão simples (um recipiente para lixo) tenha resultado em algo tão belo requintado.

Ficha técnica
Ano: 1961
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 82,5 x 134,6 cm
Localização: Coleção Robert Fraser

Fontes de pesquisa
Lichtenstein/ Editora Taschen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *