A FORÇA DA MULHER RIBEIRINHA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Hely Pamplona

canoa

Dona Raimunda é o típico exemplo da mulher do interior da Amazônia. Nos seus 84 anos, ela ainda se encontra ativa, remando sua canoa através dos igarapés, em busca da lenha que usará em seu fogão, único meio de coser os alimentos para sustento da família, normalmente compostos por peixe e, eventualmente, caça. O açaí e a farinha jamais podem faltar na alimentação da gente amazônica.

Impressionou-me o vigor dessa senhora, que sobe sozinha o igarapé, manejando sua canoa pesada, cheia de pedaços de árvores mortas, recolhidas na floresta, em meio a tantos perigos: serpentes, animais peçonhentos e, até mesmo ataques de jacarés.

Dona Raimunda possui braços musculosos e rosto marcados pela inclemência do sol. Ela diz que tal serviço é rotineiro em sua vida e que os perigos da floresta e de seus rios não mais a amedrontam. Já conhece bem os caminhos pelos quais navega desde menina, ajudando a família. Conta que não é fácil a vida da mulher ribeirinha, perdida naquele mundão de água e matas.

Nota: Foto do autor
Contato: helypamplona@hotmail.com

3 comentários sobre “A FORÇA DA MULHER RIBEIRINHA

  1. LuDiasBH

    Hely

    Dona Raimunda já faz parte da paisagem amazôncia.
    Parabéns por fotografar uma cena tão simples, mas cheia de sensibilidade e dignidade.
    Vê-se que tudo isso faz parte de sua vida.

    Abraços,

    Lu

    Responder
    1. Hely

      Lu,

      Estou usando o computador do messias. Vamos juntar minhas fotos com os seus maravilhosos e talentosos textos? Desculpe se não respondo sempre, pois raramente tenho acesso a computador,
      sou do mato mesmo.

      Abraços,

      Hely

      Responder
      1. LuDiasBH Autor do post

        Hely

        Não se preocupe, basta mandar as suas maravilhosas fotos e o relato de como elas aconteceram.
        Eu sei que você vive sempre no meio da Floresta Amazônica.

        Abraços,

        Lu

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *