A MULHER E A FALTA DE INTELIGÊNCIA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

burra

A mulher tem aspecto de anjo, coração de serpente e cérebro de burro. (Provérbio alemão)

Destituir a mulher de qualquer laivo de inteligência é o papel das culturas machistas. Como é que alguém que não tem cabeça pode ter cérebro, a parte mais nobre do corpo, responsável por manejá-lo? Questionam tais culturas. Porém, explica o machismo que a natureza é muitas vezes responsável por graves distorções, a ponto de permitir que uma moça nasça inteligente. E um   provérbio russo logo explica o porquê de uma mulher nascer bem dotada intelectualmente: “Era para ser rapaz, mas acabou sendo moça.” Quanto azar da “pobre” família!

Para ratificar que a mulher é desprovida de inteligência, reza um provérbio judaico que “A mulher tem seios no lugar do cérebro.”, ou seja, como ela é muito limitada, ignorante mesmo, jamais poderá ocupar o lugar que por direito cabe ao homem. Mas alguém já ouviu dizer que seios possuem neurônios? E com o tamanho deles nos dias de hoje, muitas mulheres mal aguentariam levantar a própria cabeça, se fosse confirmada a teoria dos machistas. O mais engraçado é que a macheza é caída por uns peitões, ainda que inflados por “polímeros com cadeias formadas por átomos de oxigênio e silício alternados, sendo cada um destes últimos ligado a dois grupos hidrocarbônicos, resistentes à oxidação, bons isolantes da eletricidade, repelentes da água, com largo espectro de utilização industrial”, conforme define meu amigo Aurélio.

A mulher bonita, então, sofre um verdadeiro esculacho. Ela carece de uma fagulha sequer de inteligência, conforme afirma o provérbio mongol: “Mais bela do que um pavão, porém menos inteligência do que uma pedra.”. E um provérbio japonês vem endossar o mongol, ao dizer que “Cabeça de boneca e cérebro vazio.” Mas, se o pai é rico, a filha não tem que se preocupar pelo fato de ser bonita e burra. Ele a consola com um provérbio marroquino: “Beleza já tens, minha filha, a inteligência terei de comprá-la.” Um pai consciencioso, que quer um bom futuro para os netos, já que a mãe não tem cérebro, arremata com um provérbio judaico: “Um pai deve casar a filha com um homem culto, mesmo que seja obrigado a vender tudo para pagar o dote.”. Haja machidão!

Triste mesmo é o futuro da garota que nasceu muito inteligente sem ser rapaz, pois o provérbio polonês diz que “Uma jovem que lê, que canta e compõe, dificilmente encontrará um marido”. Partindo desta premissa todas as mulheres solteiras são inteligentes, enquanto as casadas… Coitadinhas, são tão burrinhas! E o pior é que me encontro entre elas. Vixe Maria!

Fontes de pesquisa:
Nunca se case com uma mulher de pés grandes/ Mineke Schipper
Livro dos provérbios, ditados, ditos populares e anexins/ Ciça Alves Pinto
Provérbios e ditos populares/ Pe. Paschoal Rangel

Nota: Imagem copiada de sodeboainformativo.blogspot.com

12 comentários sobre “A MULHER E A FALTA DE INTELIGÊNCIA

  1. Patricia

    Lu, um absurdo o fardo que a mulher leva por ter passado anos submissa. Hoje provamos aos homens que nossos neurônios funcionam tão bem quanto o deles. Foi muito divertido lê os comentários.
    Beijos

    Responder
  2. Mário Mendonça

    Lu Dias
    A primeira vez que falei isto foi numa sala de aul, quando fazia minha pós graduação. As poucas mulheres que estavam no recinto adoraram (não sei se entenderam….rsrsr), mas os homens ficaram malucos com a minha exposição. “Como pode falar isto? você é um sem noção!”.

    O professor (um argentino – com pós doutorado em meio ambiente) pediu para eu me dirigir à frente e explicar melhor o que tinha acabado de propor. Os colegas ficaram putos, mas foi assim, bem simples a explicação, não era preciso mágica, só uma mente aberta à reflexão.Como pensar é para poucos, talvez até entenderam, mas daí a aceitar, é uma tremenda evolução. Ah, as mulheres gostaram…

    Vou ler suas recomendações.

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder
  3. Mário Mendonça

    Lu Dias
    No meu 1º comentário, fiz uma brincadeira que agora vou tentar consertar cientificamente. A fêmea, por possuir o óvulo, só ela é capaz de gerar a vida, e está comprovado que as mulheres não necessitam mais do macho (gerador do espermatozóide) para uma fertilização, pois podem se fertilizar sem que haja uma relação sexuada, através de uma inseminação artificial ou, ainda com um pouquinho mais de evolução, através da clonagem de células.

    Resumo: Alguns amigos podem ficar bravos comigo, mas a inseminação e a clonagem vieram para mostrar que o macho não serve para nada, pois não possui o poder de gerar a vida, só a fêmea. Não é à toa que a clonagem é um assunto “quase” proibido no mundo ainda dominado e controlado pelos homens, mas tudo evolui e as mulheres já estão tomando consciência dos seus poderes.

    A dominação do mundo pelas mulheres é inevitável.
    Quem viver verá…

    Abração

    Mário Mendonça

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Mário

      Você sempre nos traz ideias novas… risos.
      Por isso não gosto de sua ausência.
      Mas cuidado, os fanáticos e extremistas muçulmanos podem caçar seu visto de advogado… risos.
      Mas você tem toda a razão. Estamos caminhando para isso.

      Gostaria que lesse dois artigos, ainda presentes na primeira página:
      “As mulheres segundo o Código de Hamurabi” e
      “As mulheres segundo o Código de Manu”.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  4. Jovimari

    Gostei, Lu!
    E Ana, vou cortar meus cabelos…
    Ih, coitada de mim, tenho pés grandes pro meu 1.60m!
    E eu leio… e dificilmente “quererei” outro marido! hahaha… mas não componho e nem canto…
    😉
    Beijos.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Jovi

      Se vida de mulher não é fácil nos dias de hoje, imagine naqueles tempos.

      Pés grandes firmam melhor e a pessoa tem menos problemas com a coluna… risos.

      Se não compõe e nem canta está a salvo… risos.

      Beijos,

      Lu

      Responder
  5. Beto

    Lu,

    Uma questão de lógica: hoje a Alemanha é (muito bem) dirigida por uma mulher – democraticamente eleita por homens e mulheres. Logo, caso provérbio alemão citado no seu texto “ A mulher tem aspecto de anjo, coração de serpente e cérebro de burro.” continue válido …….. (risos, muitos risos… HAHAHA).

    Abraços,

    Beto

    Responder
  6. Ana Lucia

    Lu,

    Há muito já se falava disto – Schopenhauer, audacioso e recalcado(com certeza) já tinha definido a mulher como ” um animal de cabelos longos e idéias curtas”.
    Grande abraço.
    Ana

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Aninha

      Houve um tempo em que eu ficava morrendo de raiva dos machistas.
      Hoje, eu morro de rir com a ignorância dos mesmos.
      Esse senhor Schop era mesmo um babaca… risos.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *