A VIDA A DOIS E OS PROVÉRBIOS

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

 Autoria de LuDiasBH

aviadoeop

Em muitas culturas, o casamento é visto como de fundamental importância para a mulher, sob a alegação de que “O marido é o único recurso da mulher casada, tanto em vida como depois dela”, como relata o provérbio sânscrito, e o indiano que diz: “A vida do homem é ambição, a da mulher é o homem”, ou seja, ele continua sua vida, enquanto ela tem que se dedicar inteiramente a ele. Outros provérbios atestam a importância da união para a fêmea humana: “Uma mulher só é esposa através do marido” (Kirundi); “O casamento é uma proteção para a mulher” (Líbano); “O prazer da mulher é seu marido” (Sri Lanka); “Antes um marido de madeira, que solteira” (Líbano).

Quando o casamento refere-se ao homem são encontrados inúmeros senões. Muitas culturas acham que, embora a união matrimonial seja uma armadilha para ele, não há saída, pois se “Casar é uma tragédia, não casar tragédia é”. O mais engraçado é que, enquanto inúmeros provérbios populares alardeiam as benesses do casório para a mulher, eles são bem reticentes quanto ao casamento para o homem. Um provérbio hebraico reza que “O casamento é como uma gaiola: os pássaros livres anseiam por entrar e os presos por sair”, e um russo usa linguagem semelhante ao dizer que “O casamento é como um galinheiro: há quem queira entrar e quem queira sair”, enquanto outro adverte que “Casar é botar uma corda no pescoço”.

Mesmo que em alguns ditos populares estejam implícitos os cuidados que o esposo deve ter com sua mulher, a linguagem usada, na maioria deles, é grosseira, sem nenhuma deferência. Vejamos: “Manter uma vaca requer muita grama” (tibetano); “Faz um ninho e a galinha chocará os ovos” (português); “Compra uma gaiola antes de comprares um pássaro” (crioulo). Mas para que eu não corra o risco de imputar aos provérbios um machismo exacerbado, existem também alguns poucos ditos que alertam a mulher quanto ao casamento: “A jovem ignora as preocupações da mulher casada” (Minianka); “Se a jovem soubesse o que sabe a mulher casada, nunca se casaria” (Jamaica); “Chorava porque queria se casar e quando se casou continuou chorando” (Oromo); “O casamento é o pior erro que a mulher pode cometer” (EUA).

Fontes de pesquisa
Nunca se case com uma mulher de pés grandes/ Mineke Schipper
Livro dos provérbios, ditados, ditos populares e anexins/ Ciça Alves Pinto
Provérbios e ditos populares/ Pe. Paschoal Rangel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *