Arte de Rua – SEHER ONE

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

prof.12
Eu acredito que a nossa infância é o nosso destino. Tudo o que me rodeava na minha infância, e o modo como eu desenvolvi as coisas que vi, os desenhos animados, as histórias em quadrinhos que eu li, o cinema e as ruas foram fatores que desempenharam um papel no despertar do amor pela magia da arte. (Seher One)

O mexicano David Pinon Hernandez, conhecido como Seher, sinônimo de “profeta” no Oriente Médio, é designer e um dos famosos artistas de rua. Diz-se muito tranquilo e criativo, apaixonado por arte e design de livros, que tem na natureza a sua fonte de inspiração. Ele conta que desde criança já gostava de desenhar e tinha predileção pelas histórias fantasiosas, com seus personagens irreais. E assim que cresceu, travou conhecimento com amigos, que se dedicavam ao grafite, o que o levou a participar da arte de rua, tendo feito grafite durante seis anos. Com o tempo, percebeu que apenas as letras não lhe eram suficientes, pois tinha fascinação por personagens imaginários. Dos adesivos caseiros ele passou para os cartazes, depois para as técnicas mistas e os murais.

Seher One define-se como um artista urbano, que possui uma técnica mista, em que utiliza sprays, acrílico e marcadores para criar um mural, que deve ir muito além do reboco e do uso de seu nome. Seu objetivo é repassar uma ideia, emoção ou o movimento das coisas, de modo que tudo seja fluido e flutue. Para ele, sua arte é uma espécie de pós-grafite. Nos seus trabalhos, procura incluir elementos que acha importantes, entrelaçados com lembranças de sua infância. Alguns desses elementos são repetitivos, como uma caixa de leite, abóbora, fauna e crânios, cada um com seu significado próprio. E, embora seu trabalho já tenha um início e um fim determinado no projeto, enquanto o elabora ele o transforma, acrescentando elementos novos.

Seher One é conhecido particularmente pela mistura de cores que apresenta em seus trabalhos. E, segundo ele, uma de suas influências foi o pintor espanhol Salvador Dalí, assim como Andy Warhol, MC Escher, Hasao Miyasaki e Takashi Murakami, entre outros. Embora goste de cores, é importante que se preserve o equilíbrio da obra, numa busca constante de aperfeiçoamento, explica ele.

O artista mexicano, que se diz um amante das cores, diz que elas possuem fortes associações com as emoções humanas. E cada uma delas reflete o seu estado de espírito num determinado momento. Para ele, a cor é o elemento principal de sua obra, acima até mesmo do próprio design. Ele faz o desenho em branco e preto e, de acordo com o seu estado de espírito, ou da mensagem que está querendo transmitir,  usa esse ou aquele padrão de cores.

Segundo Seher One, embora sinta uma grande admiração por muitos artistas tradicionais mais velhos, gostaria muitíssimo de pintar com Os Gêmeos (brasileiros) e Kaws.

Fonte de pesquisa
http://artasylumboston.wordpress.com/seher-one

2 comentários sobre “Arte de Rua – SEHER ONE

  1. Edward Chaddad

    LuDias
    Realmente, as cores fazem a alegria de nossa vida, seja no sentido fantasioso como na realidade de nossa vida. Enfeitam nossa casa e mostram, em nossa fauna e flora, uma biodiversidade impressionante, que nos encanta. E, é claro, nos emociona. O colorido é um recado. Temos que buscar a preservação de nosso ambiente, pois a vida está neste colorido misturado e encontrado na natureza, que pode extinguir-se com a destruição promovida pelo ser humano.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ed

      Eu venho me encantando com o trabalho desses artistas de rua, ocupando um espaço com muita categoria, para se fazerem presentes. E a vida é realmente colorida!

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *