Caravaggio – O SEPULTAMENTO DE CRISTO

Autoria de LuDiasBH

rub1

A composição denominada O Sepultamento de Cristo, também conhecida por A Deposição no Túmulo ou O Santo Enterro e ainda Enterro de Cristo, é uma obra do pintor barroco Caravaggio. É tida como uma das pinturas mais monumentais de seu reconhecido trabalho. Na sua tela, o artista colocou um grupo compacto e simétrico de seis figuras sobre uma laje de pedra, formando uma diagonal, a partir da direita superior.

O corpo seminu e sem vida de Cristo, já com o rosto arroxeado e a boca aberta, com ossos, músculos e veias salientes sob a pele lívida, está cingido por um pano branco que lhe cobre a região pubiana. Sua mão esquerda encosta-se na pedra e a direita dobra-se sobre o tronco. Ele está seguro pelas pernas e tronco por dois de seus apóstolos, João Evangelista, com seu manto vermelho, e Nicodemos, apoiado na beirada da laje. O primeiro apoia o corpo sem vida do Mestre em seu joelhos.

No meio do compacto grupo está Maria, a mãe de Jesus, com os braços abertos e com os olhos voltados para o filho morto. Seu rosto sem viço expressa uma profunda dor, e sua mão direita parece tentar alcançar o filho, ou abençoá-lo. A seu lado está Maria Madalena, com os cabelos divididos ao meio e trançados, também com a cabeça baixa e os olhos direcionados para o corpo inerte do Mestre, enquanto chora, limpando as lágrimas com um lenço. Atrás dela, Maria de Cleófas ergue as mãos e os olhos para o céu, em sinal de desespero e súplica, destoando do comportamento contido dos demais personagens.

Mais uma vez, o magistral Caravaggio busca, entre o povo, os modelos para sua pintura. Recusa-se a pintar Cristo e seu grupo como belos e divinos. Ao contrário, retrata-os em sua humanidade, como gente do povo sofrida e simples. As figuras estão dobradas ou reclinadas sobre o corpo de Jesus Cristo, excetuando o apóstolo e a jovem mulher que, emocionada, levanta suas mãos e olhos para cima.

Ao contrário de outros artistas, que pintaram a descida do corpo de Cristo da cruz ou o seu sepultamento, Caravaggio deu um novo enfoque à sua magistral composição. Não mostrou nem uma coisa e nem outra, mas apenas o momento em que o corpo do Mestre está sendo colocado por João Evangelista e Nicodemos sobre a “Pedra da Unção” (antes vista como a porta do túmulo), ou seja, a pedra usada para apoiar o corpo de Jesus, enquanto ele era ungido e vestido para seu sepultamento. Presentes no momento estão também as três Marias: Maria mãe de Jesus, Maria Madalena e Maria de Cleófas. Foi somente a partir do século XVII que esta tela passou a ser vista como uma cena do sepultamento de Cristo.

O fundo escuro da composição põe ainda mais em evidência o grupo, que parece projetar-se na direção do observador. No canto inferior esquerdo da tela, Caravaggio pintou uma pequena planta, denominada verbasco.

Ficha técnica
Ano: c. 1602 – 1604
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 300 x 2003 cm
Localização: Pinacoteca Vaticana, Roma, Itália

Fontes de pesquisa
Barroco/ Taschen
Caravaggio/ Coleção Folha
Caravaggio/ Abril Coleções
https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Sepultamento_de_Cristo_%28Caravaggio%29

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *