Cézanne – O MONTE SAINTE-VICTOIRE COM PINHEIRO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

MONSAVICOPI

Cézanne nutria grande paixão pelo monte Sainte-Victoire, localizado a leste da cidade de Aix-en-Provence, no sul da França, que se encontra presente em mais de 60 composições do artista, dos mais diferentes ângulos. Ele chegava até mesmo a executar duas diferentes composições da mesma vista, ao mesmo tempo. Utilizava a sua presença para fazer seus experimentos com a pintura, em busca de equilíbrio, solidez e profundidade, levando em conta a geometria oculta nas rochas, casas e vegetação.

Cézanne dava ao resultado integral de seu trabalho mais importância do que aos detalhes do mesmo. Por isso, muitas vezes, esses detalhes podiam ser tanto uma coisa como outra. No quadro acima, podemos ver tal exemplo nas manchas de cores cinza e verde entre os galhos, que tanto se parecem com nuvens como com folhas, deixando a parte superior da tela com trêmulas cintilações.

O artista costumava construir suas formas, usando apenas as cores, como nos mostra muito bem a feitura da montanha íngreme. A árvore, por sua vez, mostra-se como uma moldura para a montanha, ao ocupar a parte superior da tela. Seu tronco parece declinar-se para a esquerda, a fim de acompanhar a inclinação do terreno, em diagonal, da paisagem ao fundo. O aqueduto visto na composição é a ponte de l`Arc, edificada no vale do Arco.

Cézanne, em suas pinturas paisagísticas, sempre optava por limitar-se apenas ao necessário, usando formas em linhas e geométricas.

Ficha técnica
Ano: 1882
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 67 x 92,5 cm
Localização: Galeria Courtauld, Londres, Reino Unido

Fonte de pesquisa
Tudo sobre arte/ Editora Sextante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *