Chardin – MENINA COM PETECA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

mecope

A pintura Menina com Peteca é uma obra do pintor francês Jean-Baptiste-Siméon Chardin (1699-1799), tido como um dos mais importantes pintores de natureza-morta da arte europeia, sendo suas obras muito estudadas pelos artistas do gênero, posteriores a ele. As suas naturezas-mortas, assim como sua pintura de gênero, são elementos importantes da arte francesa. A composição acima mostra como o artista desenvolvia suas obras com grande intensidade poética e colorido delicado.

Uma doce menininha prepara-se para jogar peteca, numa espécie de jogo em que se usa raquete. Ela se encontra de pé e perfil, com os olhos voltados para a direita da tela, como se observasse algo. Pela sua seriedade e rigidez vê-se claramente que está posando para o pintor, talvez já um pouco cansada. Ela usa uma touca branca com bordados na cabeça. Seus cabelos são relativamente curtos e cacheados, de cor puxada para o acinzentado. Seu rosto redondo, de bochechas vermelhas, traz um pequenino nariz e grandes olhos escuros. Sua boca fechada é carmesim. No meio do pescoço usa uma fina fita branca e atrás se vê as pontas de um grande laço amarelo. Um pequeno brinco de pérola cinge-lhe a orelha direita.

A garota usa um vistoso vestido com decote quadrado, debruado com verde. O corpete baixo, marrom dourado, com um tecido branco na frente, semelhante ao da saia, traz mangas três quartos, também debruadas com verde. Uma camisa branca, usada por baixo, aparece acima do decote e sob as mangas, mostrando seus babados.  A longa saia branca parece estar sobre anquinhas, o que lhe aumenta o volume. Na fita azul, arrumada num grande laço à sua direita, ela parece trazer amarrada uma tesoura e uma bolsinha ou porta-agulhas. Na mão direita segura uma raquete vermelha com cabo claro, e na direita uma peteca, com sete penas coloridas, descansando sobre o enfeite redondo do espaldar de uma cadeira de madeira.

Obs.: A assinatura do pintor encontra-se na parte inferior direita da tela, próxima à raquete.

Ficha técnica
Ano: c 1740-1750
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 81 x 65
Localização: Museu Uffizi, Florença, Itália

Fontes de pesquisa
A Enciclopédia dos Museus/ Mirador
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann

2 comentários sobre “Chardin – MENINA COM PETECA

  1. José Luiz

    Lu
    Gostaria de saber mais acerca deste pintor Jean Baptiste /simeon Chardin. Digo isso devido o paint denominado “A menina jogando peteca”. A história brasileira fala que a peteca é originária do Brasil e veio dos indígenas. Contudo, um quadro como este pode derrubar essa tese, pois o mesmo foi pintado em 1740. Pergunta-se: será que os europeus levaram a peteca para a Europa?
    E como os índios ja tinham esse jogo aqui? No aguardo.. Que acha disso?

    José Luiz

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      José Luiz

      A peteca é realmente uma invenção de nossos indígenas. Tanto o jogo quanto o artefato usado possuem o mesmo nome, que vem do tupi, significando “bater com a mão espalmada”. Como vê na pintura, a garota segura uma raquete, coisa incomum ao nosso jogo. Aquele mostrado na pintura chama-se “badminton”. Veja:

      “Segundo os registros do passado, mesmo antes da chegada dos portugueses ao Brasil, os nativos já jogavam peteca como forma de recreação, paralelamente, aos seus cantos, suas histórias. Consequentemente, nossos antepassados foram-nos transmitindo essa salutar atividade.Coube a Minas Gerais a primazia de dar-lhe o formato da peteca típica de jogo, com quatro penas brancas presas a uma base e conectadas a um fundo feito com diversas camadas finas de borracha. Foi também em Minas Gerais que as regras do jogo foram criadas, assim como foi também no estado que surgiram as primeiras quadras e a prática ganhou sentido competitivo, com campeonatos internos em diversos clubes de Belo Horizonte. Mas, apesar de já ser comum a prática da peteca no Brasil, apenas em 1973 começaram a ser fomentadas regras sobre o esporte, com a criação da Federação Mineira de Peteca (FEMPE), em 1975. A oficialização veio através de uma resolução do Conselho Nacional de Desporto (CND).”.(Wikipedia)

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *