Filme – A MALVADA

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Postado por LuDiasBH

 malva   malvava

Diálogos inteligentes, personagens extraordinárias, direção perfeita e uma das melhores produções da 20 th Century Fox.

A Malvada (1950), filme do diretor americano Joseph L. Mankiewicz, é tido como um dos filmes mais sagazes e sombrios feitos sobre o mundo do show business. O diretor capta com sensibilidade e crueza o que ocorre nos bastidores, bem distante dos olhos do público. Mankiewicz combina admiravelmente um roteiro cínico e espirituoso, com um elenco altamente afiado, o que deixa a trama totalmente atual.

Bette Davis interpreta Margo Channing, uma famosa e temperamental atriz de teatro, que mostra a vitória da personalidade e da vontade sobre a força superficial da beleza. Segundo os críticos, esse foi o melhor papel da estrela e que, de certa forma, era uma autobiografia. Margo é uma atriz em fase de envelhecimento, 40 anos, consciente de que a indústria do entretenimento sempre opta pela juventude e beleza, em detrimento da qualidade. Por seu magnífico trabalho Davis foi indicada para o Oscar de melhor atriz.

O filme começa focando a entrega do prêmio principal, Sarah Siddons, à jovem atriz Eve Hanrrigton e, aos poucos, vai revelando um salão cheio de convidados do show business. Então entra em cena a narração do cínico e manipulador crítico de teatro, Addison DeWitt, que observa as pessoas e vai enumerando todos os responsáveis pelo sucesso de Eve, incluindo Margo. Enquanto isso, o velho mestre-de-cerimônias, alheio aos acontecimentos, tece loas à grande atriz, ganhadora do prêmio. Mas o que se vê no rosto das pessoas que conviveram com ela é uma história bem diferente.

No momento em que Eve vai receber o prêmio máximo, a imagem congela. A partir daí a sua história começa a ser contada em flashback por Addison. Ele revela como ela conseguiu chegar até ali e conquistar aquele prêmio, desde quando conheceu e foi contratada como secretária de Margo. Antes disso, ela era totalmente desconhecida. O sucesso da nova estrela deu-se apenas em oito meses.

Eve, para se aproximar de Margo, passa por uma fã excitada, com olhos cheios de sinceridade. Diz ter verdadeira adoração pela atriz e não perder uma só de suas apresentações. Conta uma história muito triste sobre sua vida a ponto de fazer Margo se comover e a levar para morar consigo. Ela acredita piamente na história da mocinha a respeito da adoração que tem por ela e na sua falta de sorte. Mas a sua rude camareira, Birdie, logo desconfia da história contada por Eve. Ela percebe a falsa humildade da moça e não embarca na sua história de vida. Eve Harrington, na verdade, é uma garota ambiciosa, manipuladora e fria.

Aos poucos, Eve vai assumindo tudo que diz respeito à existência de Margo, infiltrando em sua vida profissional e sentimental, através de uma série de mentiras. Margo e seus amigos, a princípio, veem tudo como se fosse excesso de devotamento. Engano que fará da vida de todos eles um inferno, pois Eve, depois de se imiscuir no círculo de Margo, transforma-se em sua secretária, depois em sua substituta e, finalmente, em sua rival.

Eve consegue machucar todas as pessoas que a acolheram. Tentou roubar o marido de Karen, escritor de peças de teatro; fracassou na tentativa de roubar o noivo de Margo, mas caiu nas teias do poderoso Addison DeWitt que, como ela, tinha a mesma índole leviana. Enquanto ela tentava roubar os homens das mulheres que a ajudaram, Addison, calmamente, vai atrás de sua história e descobre todas as suas mentiras. Vale-se disse para que ela passe pertencer somente a ele, comendo na sua mão. Ele lhe diz:

Merecemos um ao outro. Está ouvindo?

Curiosidades:

• O crítico Addison DeWitt não apenas introduz o espectador à história de Eve Harrington, mas também funciona como uma espécie de observador onipresente das ações dos demais personagens.

• Marilyn Monroe, ainda uma desconhecida, tem uma rápida aparição no filme, quando se apresenta na festa de Margo como namorada do crítico DeWitt.

• “Srta. Caswell” foi um dos primeiros papéis de destaque de Marilyn Monroe.

• A atriz Zsa Zsa Gabor, que era casada com George Sanders (Addison DeWitt) na época, invadiu o set de filmagens porque ficou com ciúmes da novata Marilyn Monroe.

• Na festa, Margo desiludida com a traição de Eve e deprimida com seu quadragésimo aniversário exagera na bebida. A atuação de Davis é em magistral em tais cenas.

• Bette Davis fuma durante todo o filme e traga compulsivamente. Ela é sempre vista envolta numa nuvem de fumaça.

A Malvada recebeu 14 indicações para o Oscar, feito que só foi igualado 47 anos depois com Titanic.

• Conquistou os seguintes Oscar: melhor filme, melhor roteiro, melhor direção, melhor ator coadjuvante, melhor figurino e melhor som.

• Protagonista e antagonista foram indicadas ao prêmio de melhor atriz.

• Apertem os cintos. Vai ser uma noite turbulenta. – é considerada uma das 10 citações mais famosas do cinema.

• No Brasil, o filme serviu de base para Gilberto Braga criar a telenovela Celebridade.

• Bette Davis foi escolhida em 1999 pelo American Film Institute como a segunda maior estrela de todos os tempos. A primeira foi Katharine Hepburn.

• Algumas musas do cinema, conscientes de sua capacidade para atrair o público e ajudar os estúdios a lucrar, começaram a ser cada vez mais exigentes. Chegavam a influenciar nos mais variados aspectos da produção do filme: desde o figurino ao destino de seus personagens na história. Mantinham roteiristas particulares nos sets de filmagem para reescrever as falas que não fossem de seu agrado. Acabaram sendo conhecidas como “divas”. Com o tempo, o termo passou a designar atrizes arrogantes, difíceis de conviver ou trabalhar, ávidas pela luz dos holofotes. Bette Davis era uma delas.

Fontes de pesquisa:
1001 Filmes que….
Cinemateca Veja
A Magia do Cinema/ Roger Ebert
Wikipédia

4 comentários sobre “Filme – A MALVADA

  1. Rosalí Amaral

    Querida Lu.

    Fiquei imensamente feliz por esta novidade.
    Meus sinceros votos para que tenha ainda mais sucesso
    neste blog, que tenho certeza, já está maravilhoso!
    Conte comigo.

    Abraços,
    Rosalí.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Rose

      Sou eu quem está feliz com a sua participação.
      Como vê, a casa ainda precisa de mais arrumação.
      Ainda estamos tendo que aprender muita coisa.
      Já estou colhendo bons frutos com as visitas.
      Obrigada pelo carinho.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *