Heitor dos Prazeres – TINTUREIRO DO BAIRRO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

HEITINBAI

A composição Tintureiro do Bairro é uma obra do compositor, cantor, sambista e pintor brasileiro Heitor dos Prazeres. O artista optou pela arte naïf, também conhecida como arte primitiva ou ingênua. Muitos de seus quadros relativos a esta temática são bastante parecidos,  possuindo apenas ligereiras variações.

O artista retrata aqui uma das profissões muito comuns à época, mas quase que esquecida nos dias de hoje. No quadro, um negro de calça azul e camisa branca listrada de azul segue pelas ruas do bairro em sua bicicleta, sendo observado por um garoto espantado, na calçada, que segura uma pipa, em razão da figura engraçada que o tintureiro forma com suas peças dependuradas. Chama a atenção, também, de uma senhora e sua filha, na rua, e por outra figura feminina na janela, a sacudir um pano branco.

O tintureiro dirige seu veículo com a mão direita, na rua de chão cinza escuro, enquanto na esquerda traz  uma espécie de vara, onde se encontram agitados pelo vento, quatro vestidos, dois pares de calças e um pequeno casaco. Acoplada à sua bicicleta está uma enorme caixa colorida, possivelmente cheia de roupas para serem entregues.

O rapaz em sua bicicleta está enquadrado por duas casas, uma à esquerda e outra à direita. O cinza escuro da rua evidencia o colorido das roupas e da caixa que leva na parte dianteira de seu veículo. À esquerda do moço encontra-se um muro amarelo que, juntamente com o céu colorido por vários matizes em tons claros,  chama mais ainda a atenção para a figura ímpar do tintureiro e sua preciosa carga.

Ficha técnica
Ano: 1965
Dimensões: 40 x 50 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: coleção Mayer Mizrahi (Galeria Espaço Arte)

Fonte de pesquisa
Heitor dos Prazeres/ Coleção Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *