Henry Ossaya Tanner – A ANUNCIAÇÃO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

di12

E no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E entrando o anjo onde ela estava, disse:

– Salve, agraciada, o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.

E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo:

– Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e por-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. (Lucas 1:26-33)

Na sua Anunciação, extremamente humana, o pintor afro-americano Henry Ossawa Tanner mostra o momento em que o anjo Gabriel anuncia à Virgem Maria que ela dará a luz o Filho de Deus.

Maria é apresentada como uma  camponesa adolescente do Oriente Médio, na intimidade de seu quarto de dormir. Ela se encontrava dormindo, quando recebeu a visita do anjo. Não possui auréola ou qualquer outro atributo sagrado que a identifique. Trata-se de uma jovem bonita, mas não deslumbrante, vestida com roupas de dormir.  Seu rosto é uma mistura de surpresa, perplexidade e temor. Não traz um livro na mão, para demonstrar a sua sabedoria ou piedade, está apenas sentada na cama, com as mãos entrelaçadas sobre as coxas. É possível ver os dedos de seus pés descalços sobre o tapete. Seu rosto expressa aceitação e submissão à vontade de Deus.

O quarto da Virgem é tosco, com revestimento de pedra e gesso, sendo possível notar suas rachaduras. A moringa ao fundo, na parte elevada, próxima à cabeceira da cama, é feita de cerâmica comum e não traz nenhum adorno. Um tapete colorido está fixado na parede, à direita da Virgem. Ao chão, um tapete tosco está posicionado em toda a lateral da cama, enquanto o vestido verde de Maria, sobre uma cadeira, desce sobre ele.

O anjo Gabriel, presente à esquerda da composição, é modelado apenas por um raio vertical de luz amarela brilhante. A Virgem, mesmo assim, identifica o anjo dentro daquele amarelo ardente, como se atravessasse um portal entre o mundo espiritual e o físico.

À esquerda do anjo de luz é possível notar um vaso de cerâmica. Na altura da cabeça do anjo, há uma prateleira com um objeto também de cerâmica. A prateleira parece formar os braços de uma cruz, ao se destacar sob a luz do anjo.

Ficha técnica:
Data: 1898
Técnica: óleo em madeira
Dimensões: 144,8 x 181 cm
Local: Museu de Arte da Filadelfia, EUA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *