Jan Bruegel, o Velho e Rubens – A NATUREZA DECORANDO AS TRÊS GRAÇAS

Autoria de LuDiasBH

NADEGRA

A belíssima e erudita composição denominada A Natureza Decorando as Três Graças é uma obra conjunta dos pintores Peter Paul Rubens e Jan Bruegel, o Velho. Este tipo de interação entre os artistas era muito comum em Antuérpia, nas duas primeiras décadas do século XVII, tendo Rubens feito uso de tal prática em algumas de suas obras.

Uma gigantesca grinalda, feita de folhas, flores, frutas e legumes, simbolizando a generosidade da Natureza, circunda as Três Graças, postadas em volta da estátua de uma mulher com quatro seios visíveis, que simboliza a pródiga Mãe Natureza. Ela se encontra sobre um pedestal. As divindades encontram-se na pose formal, nuas, estando uma delas de costas para o observador. A Graça, que se encontra à direita, está sobre as costas de um homem (ou sátiro) musculoso, que usa uma coroa de folhas. Ele se debruça para erguê-la. Ela está tirando o véu da Natureza, enquanto a Graça, que se encontra à esquerda, segura o colar de duas voltas. Ambos, colar e véu, serão substituídos por arranjos florais, que os cupidos seguram, acima, sob uma cortina formada por um manto vermelho.

Dentro da guirlanda, em forma de U, anexadas a dois imensos carvalhos, estão também um sátiro, com um archote aceso, e um homem negro logo atrás. Por fora, ou agregados a ela, estão, embaixo, três ninfas e um sátiro, de costas para o observador, arrumando os elementos da guirlanda. Na parte superior, esquerda, encontram-se um homem negro e dois brancos, possivelmente sátiros. À direita, na parte superior, estão três sátiros. Todos eles ajudam a amarrar a guirlanda nas duas árvores. Na inscrição no pedestal da estátua, embora já desgastada, está escrito “a Grande Mãe, a Terra que carrega tudo”.

Nesta pintura colaborativa, cuja finalidade é festejar a prodigalidade da Natureza, Jan Bruegel, o Velho, pintou a flora e a fauna, e Rubens o restante, incluindo os corpos. Estima-se que a iniciativa para a composição desta obra deu-se por parte de Rubens, que a manteve consigo durante vários anos.

Ao fundo, desenrola-se uma paisagem azulada.

Ficha técnica
Ano: 1615
Técnica: óleo sobre painel
Dimensões: 106,7 x 72,4 cm
Localização: Art Gallery and Museum, Kelvingrove, Escócia, Reino Unido

Fontes de pesquisa
https://www.google.com.br/search?q=rubens+and+brueghel,+the+nature…&biw=1536&bih=730&tbm=isch&imgil=bZQ8UmpOrX2X9M%253A%253B
http://collections.glasgowmuseums.com/starobject.html?oid=167108

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *