Jan van Scorel – MARIA MADALENA

Autoria de LuDiasBH 

marmad

A composição Maria Madalena é uma obra do pintor holandês Jan van Scorel (1495-1562), que também foi arquiteto, engenheiro, poeta, músico e professor. Estudou com Cornelis Willemsz na sua oficina. Era um apaixonado pela pintura, tendo tido conhecimento direto da arte de grandes mestres, de Gossaert a Dürer, e de Mantegna a Giorgione, chegando a Rafael e Michelangelo, através de suas viagens. Sua arte mostra influências italianas, tendo sido inspirado por Rafael e pelos Venezianos. Recebeu uma educação humanista. Foi responsável por muitos retábulos e retratos. Foi o primeiro grande maneirista holandês.

O quadro acima retrata Maria Madalena, que pode ser identificada através de seu frasco de unguento, usado para ungir os pés do Mestre Jesus. Ela é ainda muito jovem.  Encontra-se em primeiro plano, em meio a uma paisagem montanhosa, sentada de perfil, com o rosto levemente voltado para o observador. Sua vestimenta é ricamente trabalhada com pérolas, lembrando os trabalhos de Rafael Sanzio. Foi pintada como uma rica cortesã, numa referência à sua profissão anterior de meretriz.

A árvore, situada às costas da jovem mulher tem um tronco oco, apodrecido, e outro com galhos verdejantes. Ela simboliza a mudança em sua vida. Ao fundo desenrola-se uma paisagem, sendo que as rochas remetem ao trabalho do pintor Patinir. Em meio à vegetação, num plano inferior, vê-se um homem com seu manto vermelho, caminhando apoiado no seu cajado, enquanto no meio da rocha maior, à esquerda, estão presentes três anjos.

Esta pintura foi feita após Jan van Scorel voltar da Itália para a Holanda, deixando bem visíveis as influências da pintura italiana.

Obs.: A faixa, acima da cabeça da figura, não é original.

Ficha técnica
Ano: c. 1530
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 67 x 76,5 cm
Localização: Rijksmuseum, Amsterdam, Holanda

Fonte de pesquisa
A Enciclopédia dos Museus/ Mirador