Klimt – RETRATO DE ADELE BLOCH-BAUER II

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

clio6789

Gustav Klimt tornou-se o retratista preferido das mulheres da aristocracia vienense e da burguesia endinheirada. A sua retratada, Adele Bloch, era filha de um banqueiro, que também era dono da companhia ferroviária responsável pelo famoso “Orient Express”. Era uma mulher muito bonita, que frequentava o mais alto círculo de Viena, sendo, inclusive, amiga do psicanalista Sigmund Freud.

Adele Bloch-Bauer era casada com Ferdinand Bloch-Bauer, um rico industrial de Viena, local em que Klimt viveu e trabalhou. Ferdinand patrocinava muitos artistas, inclusive Gustav Klimt, que retratou sua esposa duas vezes. A pintura acima é o segundo retrato de Adele Bloch-Bauer feito pelo artista. Ela foi também o único modelo a ser retratado duas vezes por ele. A primeira obra e a mais famosa é o Retrato de Adele Bloch-Bauer I  (descrita aqui no blog). Ambas as pinturas encontram-se entre as 50  mais famosas do mundo.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas apoderaram-se dos retratos de Adele, que continuavam em mãos de sua família. Também levaram outras obras da coleção da família Bloch-Bauer. Após a guerra, as obras foram parar na Galeria Belvedere, em Viena (Áustria), que se recusava a devolvê-las aos legítimos donos. O caso foi parar na justiça, sendo travada uma longa batalha entre os tribunais dos Estados Unidos e da Áustria, com a decisão final favorecendo os herdeiros da família Bloch-Bauer, em 2006. No mesmo ano, foi leiloado o Retrato de Adele Bloch-Bauer II (visto acima), tornando-se a referida pintura a quarta peça de arte mais cara, até então.

Ficha técnica
Ano: 1912
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 190 x 120
Localização: Coleção privada

Fontes de pesquisa
https://en.wikipedia.org/wiki/Portrait_of_Adele_Bloch-Bauer_II
http://www.moma.org/calendar/exhibitions/1480?locale=en

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *