Pedro Américo – FALA DO TRONO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

pedro 1

A composição Fala do Trono, obra do pintor brasileiro Pedro Américo, é também conhecida como Pedro II na Abertura da Assembleia Geral.

O imperador, com seus suntuosos trajes, é a figura central da tela. De pé diante do trono, sobre um tapete vermelho, traz na mão esquerda a espada e na direita o cetro, que tem na parte superior a serpe imperial, um ornato em forma de serpente, símbolo da Casa de Bragança. Uma magnífica coroa de ouro, cravejada de pedras preciosas, cinge-lhe a cabeça. Seu manto azul-escuro na parte externa, e vermelho na interna, está ricamente bordado. No peito, ele traz uma murça alaranjada, confeccionada com penas do papo de tucano. Sua barba, bigodes e cabelos aloirados são cheios e bem aparados. Os olhos azuis estão focados ao longe. Atrás dele é possível ver parte do trono de madeira, ricamente trabalhado, com uma águia e um querubim.

À direita do monarca, num plano inferior ao seu, encontram-se várias figuras políticas da época, elegantemente vestidas, dentre elas o visconde do Rio Branco e duque de Caxias. Estão voltadas para o observador, aguardando o pronunciamento do imperador, que acontecia, anualmente, na abertura da Assembleia Geral.

Acima do grupo de políticos, na tribuna, estão a imperatriz Tereza Cristina e a princesa Isabel, estando a última a conversar com o marido, conde d’Eu, detrás dela. O marquês de Tamandaré está de pé atrás da imperatriz.

Ficha técnica
Ano: 1872
Dimensões: 288 x 205 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: Acervo do Museu Imperial, Petrópolis, Rio de Janeiro, Brasil

Fonte de pesquisa:
Pedro Américo/ Coleção Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *