Velázquez – O PRÍNCIPE BALTAZAR COM SUA ANÃ

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

velaz0001

A composição O Príncipe Baltazar com sua Anã, obra do pintor espanhol Diego Velázquez, retrata o herdeiro de Filipe IV e Isabel de França,  ainda bebê, ao lado de uma anã de sua corte. O príncipe teria um ano e meio na época em que foi retratado.

O principezinho encontra-se sobre um rico tapete, debaixo de um pomposo cortinado drapeado, como se formasse acima dele um dossel. Veste um suntuoso traje de gala, complementado por uma longa faixa carmesim. No pescoço traz uma placa armoriada como colar.  O pequenino carrega na mão direita um bastão de comando, indicativo de seu futuro cargo, e repousa sua mão direita no punho de uma espada, indicativa de seu papel futuro de comandante dos exércitos de seu reino. Seu capacete de couro e plumas encontra-se sobre a rica almofada vermelha.

À frente do príncipe bebê está uma outra criança, em primeiro plano, que vira a cabeça ligeiramente para trás, a fim de observar seu futuro rei. Trata-se de uma criança anã, possivelmente do sexo feminino. Ela traz na mão direita um chocalho e na esquerda uma maçã, numa alusão ao cetro e ao globo imperiais que um dia pertencerão ao futuro monarca.

O príncipe Baltazar é a figura mais importante da composição. Sua pele loira é realçada por suas vestes escuras com bordados dourados e pela faixa vermelha que ostenta. A anã, por sua vez, usa uma vestimenta verde-escuro com um avental branco, fazendo com que o príncipe destaque-se ainda mais. É o futuro rei com seu objeto de brinquedo – a anã.

Nesta composição, Velázquez não usa a forma rígida comum aos retratos reais. Aqui ele mostra fluidez no movimento e profundidade, como fosse uma brincadeira entre os dois personagens.

Ficha técnica
Ano: 1631
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 128,1 x 102 cm
Localização: Museum of Fine Arts, Heri Lillie Pierce Foundation, Boston, EUA

Fontes de pesquisa
Velázquez/ Taschen
Velázquez/ Abril Coleções
Enciclopédia dos Museus/ Mirador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *