Vermeer – O GEÓGRAFO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

vermeer12     vermeer1

A composição denominada O Geógrafo é uma obra do conceituado pintor holandês Jan Vermeer. Depois dela, ele pintou “O Astrônomo” (figura menor). Os estudiosos supõem que ambas fazem par. O pintor nutria grande gosto por fazer retratos de cientistas. O Geógrafo faz parte dos três únicos quadros datados e assinados pelo artista. Os outros dois são “O Astrônomo” e “O Procurador”.

O modelo, um homem de meia idade, com seus cabelos longos, nariz reto e pontudo e lábios grossos, parece ser o mesmo nas duas pinturas, assim como muitos dos elementos presentes nos dois ambientes de O Geógrafo e de o “O Astrônomo”. Aqui, ele usa um robe japonês (quimono) de cor azul, tipo de vestuário que pode ser visto em muitas pinturas holandesas da daquele tempo.

O geógrafo, de frente para o observador, encontra-se usando uma longa túnica de estilo japonês, muito popular à época, o que leva à dedução de que se trata de alguém que lida com a investigação intelectual. Ele está rodeado por mapas, gráficos, livros e um globo terrestre. Segura na mão direita um compasso. Seu olhar dirige-se para fora do ambiente, como se estivesse a pensar, ou, se se encontrasse num momento de abstração. Uma cortina, à esquerda, recolhida, cobre parte do vidro da janela. O papel branco sobre a mesa pode se tratar de uma carta náutica, cujos desenhos e escritas foram se apagando com o tempo e com as restaurações constantes. Sobre o banquinho, ao lado esquerdo do geógrafo, está um pequeno objeto para medição.

A pintura apresenta duas assinaturas datadas, sendo uma no armário e outra na parede. Uma carta náutica, envolta por uma moldura preta, é vista na parede, às costas do geógrafo. Abaixo do quadro, está uma cadeira que traz seu estofamento decorado com motivos florais. Pode causar espanto ao observador o tapete oriental sobre a mesa. Acontece que, naquela época, eles eram muito populares nos Países Baixos e muito representados na pintura holandesa de interior, em razão de sua beleza decorativa e exótica. Contudo, dificilmente eram retratados no chão, como hoje, mas como coberturas de mesas.

Ao que consta, O Geógrafo e “O Astrônomo” são as duas únicas pinturas de Vermeer que trazem somente uma figura masculina como protagonista. Ambas as pinturas passaram por vários títulos no decorrer dos tempos.

Ficha técnica
Ano: c. 1668-1669
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 52 x 45,5 cm
Localização: Städelsches Kunstinstitut, Frankfurte, Alemanha

Fontes de pesquisa
Vermeer/ Taschen
https://en.wikipedia.org/wiki/The_Geographer
http://www.essentialvermeer.com/cat_about/astronomer.html
http://www.essentialvermeer.com/catalogue/astronomer.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *